Neymar muda programação e fará sacrifício para jogar "final" do Espanhol

Neymar muda programação e fará sacrifício para jogar "final" do Espanhol

Atacante acelera recuperação e troca fisioterapia por treinos físicos e testes. Próximos negam pedido da CBF para que jogador não jogue no sábado

Neymar está focado em entrar em campo no jogo contra o Atlético de Madrid que define o campeão espanhol, no próximo sábado, no Camp Nou. Fora das últimas quatro partidas do Barcelona, com um edema no quarto metatarso do pé esquerdo, a programação do atacante era de não voltar a atuar mais por seu clube ainda nesta temporada. Mas o brasileiro está fazendo de tudo para jogar a final. Por conta própria, Neymar pediu à comissão técnica do Barcelona que sua recuperação fosse acelerada para conseguir jogar a "final" da Liga.

A agenda do camisa 11 dos blaugrana, nesta última semana antes da decisão, era de seguir fazendo fisioterapia para recuperação, sem fazer força para jogar no final de semana. Apesar de tudo ter mudado na tabela do campeonato, e o Barça chegar na última rodada com chances de ser campeão, o clube catalão pretendia seguir preservando seu craque. Mas a vontade de Neymar, que diz estar se sentindo bem, falou mais alto. Agora, o jogador corre contra o tempo para estar à disposição no treino de sexta-feira, último antes da partida contra os colchoneros, e ser escalado para atuar.

No início desta semana, o atacante fez outra ressonância para avaliação do pé esquerdo, que constatou que a lesão ainda existe. Como Neymar só fez fisioterapia desde que parou de jogar, há quase um mês, começou nesta segunda-feira a fazer treinos físicos, para ver se é possível suportar a dor. Os últimos testes, mais perto do sábado, vão decidir se Neymar estará apto para a partida. Caso receba a aprovação dos médicos do time, ficará nas mãos de Tata decidir se o brasileiro entra como titular, ou começa no banco de reservas.

O técnico do Barcelona chegou a descartar a volta de Neymar para a última partida, logo na semana em que foi constatada a lesão do jogador. Na ocasião, Martino disse que o cronograma ficaria muito apertado para uma possível volta de Neymar. O atacante, no entanto, desde que parou, afirma publicamente que quer estar em campo no jogo contra o Atlético. Há uma preocupação de família e staff a respeito de sua saúde, às vésperas da Copa do Mundo. Mas todos confiam no que sente o atacante e sabem que Neymar não será irresponsável. Pessoas próximas ao jogador negam que a CBF tenha feito qualquer contato para pressioná-lo a não jogar no sábado.

Fonte: Globo Esporte