Neymar diz: "Queremos ganhar, mas tem hora certa para perder’

Jogador afirma que Seleção está buscando melhor formação no período de preparação para não titubear nos Jogos de Londres.

O Brasil está em busca do tão sonhado ouro olímpico. E neste sábado, às 16h06 (de Brasília), contra a Argentina, a Seleção terá o último compromisso antes dos Jogos de Londres. Na opinião do atacante Neymar, o time está no caminho para encontrar a melhor formação, o esquema ideal e a mais eficiente escalação para superar os adversários no torneio na Europa. Por isso, segundo o jogador, o time está em um momento em que ainda pode tropeçar. Porém, lá na frente, o objetivo é vencer e convencer o torcedor canarinho.


Neymar:

- Nós estamos tentando encontrar a nossa melhor formação, o nosso estilo de jogo, o time ideal, para os Jogos de Londres. Claro que queremos ganhar os amistosos, mas tem a hora certa de perder e não queremos perder nas Olimpíadas. É para isso que estamos trabalhando forte para que, no momento certo, a gente consiga atingir o nosso objetivo.

Mesmo ouvindo a todo o momento questões sobre Lionel Messi, Neymar fez questão de elogiar o atacante adversário e o time argentino. Mas também não deixou de falar da qualidade do elenco convocado por Mano Menezes para os compromissos disputados na Alemanha e nos Estados Unidos.

- Claro que precisamos respeitar a Argentina, mas temos que jogar o nosso futebol. Nós não viemos para cá à toa, não foram os 23 da esquina que vieram, nós fomos convocados. Viemos para cá para representar a Seleção e vamos buscar a vitória.

O atacante revelou ainda que na segunda-feira, quando passou o dia de folga com a família, ouviu conselhos do pai, Neymar Silva, sobre o seu desempenho nos amistosos.

- O meu pai me cobra muito. Não foi diferente dessa vez. Passei a segunda-feira com a minha família, foi maravilhoso. Ele me passou algumas coisas que eu não percebi durante a partida. Que bom ter um companheiro como o meu pai me criticando, me ajudando. Ele achou a atuação mais ou menos ? contou o jovem jogador.

Fonte: Globo Esporte