Neymar revela a influência de Romário na escolha da camisa 11

Na base, santista atuava com a 7, do ídolo Robinho, mas sempre gostou do número usado pelo Baixinho, por quem mantém admiração

Algumas peculiaridades dos jogadores ficam gravadas na memória dos torcedores como características daquele atleta específico. No caso de Neymar, além do cabelo moicano, o número 11 nas costas de sua camisa viraram marca registrada. E não é força de expressão.


Neymar revela influência de Romário na escolha da camisa 11

Na logomarca usada pelo atacante em seu site oficial, a já famosa "NJR", o número 11 está presente em formato da letra N. Mas nem sempre foi assim. Nas categorias de base do Santos, ele costumava usar a 7, do ídolo Robinho, até que teve a chance de escolher e optou pelos dígitos que identificavam Romário, ídolo do futebol brasileiro e hoje deputado federal.

? Comecei a jogar com a 7 e depois o seu Lima (ex-jogador e olheiro do Peixe Brasil afora) perguntou: "Qual camisa você gosta?", e eu respondi: "Gosto da 11". Ele começou a me dar sempre a 11, desde a base. Sempre admirei muito o Romário por ser o camisa 11 e a partir daí comecei a simpatizar com ela. Acabou tendo um amor especial (risos) ? afirmou o jogador, em entrevista à Santos TV.

Apesar da admiração por Romário e de já ter atuado com o artilheiro em partidas comemorativas, Neymar não tem ligações comerciais com o Baixinho, mas sim com Ronaldo, outro ídolo do atacante. O empresário é um dos sócios e donos da 9ine, empresa responsável por gerir a imagem do craque.

Precoce desde cedo, Neymar lembra que atuar sempre uma categoria acima da sua original na base do Peixe o ajudou a evoluir como jogador.

? Isso me ajudou muito pelo contato físico. Apesar de ser um ou dois anos mais novo, já era uma diferença muito grande e me ajudou a crescer bastante ? recordou.

Dono de seis títulos pelo Santos aos 20 anos (Libertadores, Copa do Brasil, Recopa Sul-Americana e três Paulistões), ele agora mira as conquistas que faltam para o currículo: Brasileirão e o Mundial. Este último, porém, só será possível se o Peixe retornar à competição continental em 2014, já que a equipe não conseguiu uma vaga para a edição da próxima temporada.

Fonte: GloboEsporte.com