Neymar seria o mais caro do mundo; Barça desviou R$ 121 mi, afirma jornal

Esta é a última das polêmicas envolvendo a transferência, que está sendo investigada pela Justiça espanhola.

O jornal espanhol El Mundo publicou nesta segunda-feira que o Barcelona desviou 38 milhões de euros (R$ 121 milhões) da contratação de Neymar. Documentos obtidos pela publicação mostrariam que o valor real da contratação do brasileiro foi de 95 milhões de euros (R$ 304 milhões), e não os 57 milhões de euros (R$ 182 milhões) declarados pela equipe catalã. Esta é a última das polêmicas envolvendo a transferência, que está sendo investigada pela Justiça espanhola.


Neymar seria o mais caro do mundo; Barça desviou R$ 121 mi, afirma jornal

O desvio teria sido feito por meio de sete documentos assinados entre novembro de 2011 e setembro de 2013, que "camuflaram" o valor real da transação, incluindo três comissões milionárias destinadas à família de Neymar para fins variados. Oficialmente, o Barcelona declarou que pagou apenas 17 milhões de euros (R$ 54 milhões) ao Santos e 40 milhões de euros (R$ 128 milhões) à empresa N&N Consultoria, do pai de Neymar, totalizando 57 milhões de euros.

No total, o pai de Neymar recebeu 8,5 milhões de euros (R$ 27 milhões) em comissões: 2 milhões de euros para "buscar novas promessas do Santos", 4 milhões de euros para "captação de contratos de publicidade de empresas brasileiras" e outros 2,5 milhões de euros para fins sociais, como "ajudar as crianças das favelas de São Paulo". Segundo o El Mundo, não há nenhuma cláusula de obrigação ao brasileiro, que receberá os valores citados acima independente da concretização dos resultados.

O jornal também aponta que Neymar recebeu há um mês 10 milhões de euros (R$ 32 milhões), não declarados, como luvas pela transferência. E que há uma "cláusula de blindagem" no valor de 54 milhões de euros - valor mínimo a ser recebido pelo atacante ao longo dos cinco anos de contrato - sobre a qual foi cobrada uma comissão de 5%, rendendo mais 2,6 milhões de euros (R$ 8 milhões) para Neymar.

Somam-se a estas cifras os pagamentos já conhecidos e confirmados pelo Barcelona de 9 milhões de euros (R$ 28 milhões) por dois amistosos com o Santos (dos quais apenas um foi realizado) e 7,9 milhões de euros (R$ 25 milhões) pela preferência de compra de três jogadores da base santista. O clube espanhol, porém, defende que estes acordos foram feitos de forma independente e não fazem parte da transferência de Neymar.

Caso se confirmem todos os pagamentos feitos pelo Barcelona, Neymar poderia ser considerado o jogador mais caro da história. A cifra total de 95 milhões de euros pagos por ele supera os valores declarados oficialmente pelo Real Madrid para as contratações de Cristiano Ronaldo (94 milhões de euros) e Gareth Bale (91 milhões de euros).

Fonte: Terra