Neymar vive hora da verdade em superclássico decisivo para o Barcelona hoje no Espanhol

Neymar vive hora da verdade em superclássico decisivo para o Barcelona hoje no Espanhol

A titularidade de Neymar foi muito criticada pela torcida durante a semana

São muitos os questionamentos sobre Neymar no Barcelona. Merece ocupar a vaga de Pedro? Receber um dos maiores salários do time? Ser colocado como um dos melhores do mundo? Sob uma intensa pressão, o brasileiro faz neste domingo o jogo mais importante desde que chegou ao Barça. É o superclássico contra o Real Madrid, às 17h (horário de Brasília), na capital espanhola, em partida válida pela 29ª rodada do Campeonato Espanhol.

O clube catalão encara o confronto como decisivo, já que a derrota resultará em sete pontos de desvantagem para o rival na reta final do torneio. O Real é colocado com favorito pela própria mídia catalã, que trata Neymar como a peça-chave do Barça na partida.

O brasileiro mostrou animação no treinamento da véspera do superclássico. Com sorriso no rosto e muitas brincadeiras, demonstrou estar confiante.

Confiança em Neymar quem tem é o treinador do Barcelona, Tata Martino. O argentino vai contra o desejo da torcida em ver Pedro como titular e crê no brasileiro.

"Neymar é um dos cinco melhores do mundo e não necessito de nenhuma partida, nem meia partida, para confirmar a qualidade dele. Vou fazer de tudo para que ele não se sinta um jogador qualquer", disse Tata.

A torcida do Barcelona pensa diferente do treinador argentino. Ela é pautada pelo momento. Algo que joga contra Neymar no clube. Recentes pesquisas de jornais catalães colocaram o brasileiro entre a terceira e quarta opção para o ataque do Barcelona. A presença de Messi é indiscutível.

A média de porcentagem de Neymar nas enquetes foi de 22%, contra 52% de Pedro. Ainda há Sánchez à frente do brasileiro, com 26%.

Neymar tem 20 jogos pelo Barcelona na temporada, sendo 15 como titular. No total, o brasileiro marcou sete gols. Já Pedro é o jogador do time que mais vezes entrou em campo no ano, com 27 exibições, das quais 20 entre os titulares, e fez 14 gols, só atrás de Messi (18) e Alexis Sánchez (17) na artilharia da equipe.

O grande problema enfrentado por Neymar foi a goleada do Barcelona por 7 a 0 sobre Osasuna no último domingo no Camp Nou sem a sua presença. Sánchez e Pedro foram os titulares do ataque ao lado de Messi.

"O Neymar está motivado, feliz. Tudo que demonstrou na semana é que está sentindo-se participativo e confiante. Merece a importância que tem e nós o estamos apoiando para o que necessitar. O vejo muito confiante em seu talento natural", destacou o goleiro Victor Valdes.

O Barcelona tem 66 pontos e está na terceira colocação do Espanhol. O Real Madrid é o líder com 70. Entre eles, ainda há o Atlético de Madrid, com 67 pontos.

Fonte: UOL