No Vasco, venda de Dedé para o Cruzeiro servirá para quitar dívidas milionárias

Além da pendência, há o passivo referente aos dois meses de salários atrasados, algo próximo de R$ 6 milhões

Dedé vive seus últimos momentos em São Januário. Ruim para o time, bom para os cofres do Vasco. O jogador deve ser anunciado nesta terça-feira pelo Cruzeiro como reforço para a disputa do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Com o dinheiro da venda, R$ 14 milhões, o clube da Colina espera quitar algumas dívidas emergenciais. Uma delas é com o presidente do Conselho Deliberativo, Olavo Monteiro de Carvalho, que mês passado emprestou R$ 1,8 milhão para o clube pagar R$ 2,3 milhões e seguir na Timemania.


No Vasco, venda de Dedé para o Cruzeiro servirá para quitar dívidas milionárias

Além da pendência, há o passivo referente aos dois meses de salários atrasados, algo próximo de R$ 6 milhões. A pendência com os direitos de imagem não deverá ser resolvida com o montante da venda, já que o clube renegociou os direitos atrasados para o restante do ano.

Além da quantia, o Vasco acertou o empréstimo de três jogadores do Cruzeiro. Apenas o apoiador Alisson tem a transferência para São Januário certa. O atacante Wellington Paulista, emprestado ao West Ham, da Inglaterra, também interessa, mas ainda não tem a vinda confirmada.

A definição quanto aos jogadores que serão emprestados e a forma de pagamento do Cruzeiro são os últimos obstáculos para que o negócio seja oficializado. Apesar da pressa para que a transferência seja concretizada, a diretoria vascaína prefere manter o discurso cauteloso.

? A negociação está em andamento, mas não tem nada fechado. Muita coisa ainda pode acontecer, o jogador ainda precisa fazer os exames médicos e estamos conversando sobre valores e jogadores ? afirmou o diretor geral Cristiano Koehler.

Caso tenha a ida para o Cruzeiro confirmada nesta terça-feira, Dedé deverá se desligar automaticamente do Vasco e ficar fora da partida contra o Madureira, neste sábado, que encerra a participação do time no Estadual.

A tendência é de que o zagueiro vá para Belo Horizonte quarta-feira para fazer exames médicos e assinar contrato, que terá duração de três temporadas.

Fonte: Extra