Noiva faz quebra-quebra em baile funk e Adriano desfalca o Fla em jogo na Venezuela

Noiva faz quebra-quebra em baile funk e Adriano desfalca o Fla em jogo na Venezuela

A noiva de Adriano atirou pedras e quebrou os pára-brisas dos quatro carros.

O problema ?conhecido e notório? que afetou e afastou Adriano do Flamengo tem nome e sobrenome: Joana Machado. Na madrugada desta sexta-feira, a noiva do atacante protagonizou cenas de novela na entrada de um baile funk, na favela da Chatuba (Zona Norte do Rio).

Após retornar de Londres com a seleção brasileira, o Imperador foi a uma festa no Recreio dos Bandeirantes. De lá, acompanhado por três jogadores do Flamengo, seguiu para o Complexo do Alemão e participou de um baile funk em uma quadra poliesportiva.

Pouco tempo depois de chegar ao local, o quarteto rubro-negro foi surpreendido pelos gritos de Joana. Alterada e ofendendo os atletas, a noiva de Adriano atirou pedras e quebrou os pára-brisas dos quatro carros.

Um dos jogadores reagiu e discutiu asperamente com Joana. Os outros, atônitos, apenas levaram as mãos à cabeça diante da cena que assistiam. Adriano interveio e a empurrou. A personal trainer caiu no chão e foi aconselhada a ir embora.

Desnorteado e envergonhado com o fato, Adriano conversou com a diretoria do Flamengo e explicou que não teria condição de treinar neste fim de semana. Ele foi liberado até segunda-feira e não viaja com a delegação para a Venezuela, onde o time enfrenta o Caracas na quarta, pela Libertadores.

Amor e ódio

A relação entre Joana e o jogador começou em 2008, quando ele atuava no Inter de Milão, e sempre foi mal vista pelos amigos dele. Entre idas e vindas, os dois reataram no início deste ano. Pouco antes disso, a personal trainer foi à imprensa dizer que fizera um aborto e que o jogador perdia o controle quando bebia.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com