Nos pênaltis, Independiente quebra jejum e acaba com o sonho do Goiás na Copa Sul-Americana

Nos pênaltis, Independiente quebra jejum e acaba com o sonho do Goiás na Copa Sul-Americana

Nos pênaltis, Independiente quebra jejum de títulos

Uma das equipes mais tradicionais da América do Sul volta a ter prestígio fora da Argentina. O Independiente superou o Goiás nesta quarta-feira na cobrança de pênaltis no Estádio Libertadores da América, em Avellaneda, e garantiu o título da Copa Sul-Americana, o primeiro triunfo internacional do clube desde 1995.

Para o time brasileiro, fica a dor do vice-campeonato, que amenizaria o ano em que foi rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro. Nos 90 minutos, o Goiás foi derrotado por 3 a 1, e como venceu o jogo de ida em Goiânia por 2 a 0, o confronto foi resolvido nas penalidades.

Em compensação, a metade azul do Rio Grande do Sul está em festa. Com a derrota goiana, o Grêmio conseguiu a quarta vaga do Brasileiro à Copa Libertadores de 2011, que deixaria de existir em caso de triunfo brasileiro na Sul-Americana.

O Independiente não conseguia uma conquista internacional desde a Supercopa da Libertadores de 1995, vencido após final com o Flamengo. O time de Avellaneda é conhecido popularmente como o "Rei de Copas", por ter sete taças da Copa Libertadores, torneio que disputará em 2011.

Os gols da finalíssima ocorreram no primeiro tempo, com Julian Velázquez e Parra (duas vezes) fazendo os gols do time da casa e Rafael Moura descontando para os brasileiros. Nas penalidades, Felipe foi o autor da única cobrança errada.

Fonte: Terra, www.terra.com.br