Nos braços da torcida: aprovação de Felipão hoje é maior que em 2002

Pesquisa do Datafolha revela que o técnico da seleção brasileira tem seu trabalho avaliado como ótimo ou bom para 68% das pessoas. Torcida também confia no hexa


Luiz Felipe Scolari est? em alta com a torcida brasileira. Uma pesquisa do Instituto Datafolha divulgada pelo jornal "Folha de S?o Paulo", neste domingo, mostra que a aprova??o de Felip?o ? maior ?s v?speras da Copa de 2014 do que h? 12 anos atr?s, quando levaria a Sele??o ao pentacampeonato mundial. Entre os entrevistados, 68% avaliam o trabalho do t?cnico como ?timo ou bom, enquanto 14% classificam como regular, e somente 2% acham ruim. Outros 16% n?o souberam responder.

Os n?meros revelam a mais alta aprova??o de um treinador da Sele??o desde que o instituto come?ou a pesquisa em 2002, quando o pr?prio Felip?o tinha 51%. Quem chegou mais perto do apoio de Scolari foi seu atual coordenador t?cnico Carlos Alberto Parreira. Em 2006, 62% avaliavam o trabalho do campe?o mundial de 1994 como ?timo ou bom. J? antes da disputa na ?frica do Sul, em 2010, Dunga ganhou a menor confian?a entre os consultados. Antes da estreia ele contava com 49% de aprova??o.

A campanha que culminou com o t?tulo da Copa das Confedera?es, no Maracan?, no ano passado, parece ter mesmo enchido os brasileiros de confian?a na Sele??o. Segundo o Datafolha, 68% dos entrevistados apostam que o Brasil vai repetir o feito no Mundial. Em seguida, ? a Alemanha que aparece como favorita, com 5%, al?m de Espanha e Argentina com 3%.

Por?m, nem todos os brasileiros torcer?o pela Sele??o nesta Copa do Mundo. Entre os entrevistados, 84% manifestam a inten??o de apoiar o Brasil, mas o trio formado por Alemanha, Argentina e Espanha, cada um com 1%, tamb?m contam a simpatia dos consultados. J? 9% n?o revelaram sua prefer?ncia para o Mundial.

A pesquisa Datafolha entrevistou 4.337 pessoas de mais de 16 anos em 207 cidades por todo o pa?s. O levantamento foi realizado entre 3 e 5 de junho. A margem de erro ? de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte: The Indu
Tópico