Avançado, Lucas faz SP ganhar tempo para buscar novo atacante

A diretoria do São Paulo não tem pressa para acertar com um novo atacante, mesmo após a liberação de Dagoberto para o Internacional

A diretoria do São Paulo não tem pressa para acertar com um novo atacante, mesmo após a liberação de Dagoberto para o Internacional. Isso porque, após conversa com a comissão técnica, os dirigentes entenderam que o número de jogadores no elenco é suficiente para o início de temporada. Outro fator que faz com que a diretoria tenha mais tempo para encontrar uma boa peça no mercado é a "nova posição" do meia Lucas - ele deve jogar mais avançado, ao lado de Luis Fabiano.



No próximo dia 4, o elenco se reapresenta no CT da Barra Funda. Luis Fabiano, Lucas, Fernandinho, Willian José e Henrique vão ser as opções de ataque do técnico Emerson Leão. Pelo menos no início do ano, os dois primeiros devem formar a dupla de ataque no Paulistão. A comissão técnica entende que Lucas precisa jogar mais próximo ao gol, e não no meio-de-campo, como chegou a ser escalado em 2011, e também na Seleção Brasileira, com o técnico Mano Menezes.

Com isso, Fernandinho ficaria como a primeira opção para o setor no banco de reservas. O jovem atacante Henrique, de 20 anos, pode ser emprestado, caso o São Paulo receba uma boa proposta. O mesmo deve ocorrer com os atletas que voltarem de empréstimo em Cotia (SP) na próxima quarta-feira, dia 4.

Além de um atacante, a diretoria também espera apresentar um meia. A expectativa é a de que Jadson seja o contratado. As negociações com o meia do Shakhtar, da Ucrânia, estão adiantadas.

Fonte: GloboEsporte