O Flamengo tem que estar todo ano na Libertadores, avisa Cuca

Cuca não teve um ano bom em 2008, mas diz estar "bem disposto, descansadão"

Próximo de reassumir o cargo de técnico do Flamengo, após passagem frustrada em 2005, o técnico Cuca já aponta para aquele que deve ser o maior objetivo rubro-negro nesta temporada: a conquista de uma vaga na Taça Libertadores da América, que escapou no Brasileiro do ano passado com a quinta colocação. Em entrevista ao jornal "O Globo", Cuca elogia os poucos reforços que o clube obteve até o momento e admite que o Flamengo está em vantagem sobre os demais grandes cariocas por ter mantido a base de 2008.

- O Flamengo, pela grandeza e tradição, tem de estar todo ano na Libertadores. O que precisamos para dar certo? Formação de grupo, comprometimento e jogar bem - afirmou o técnico ao jornal.

Cuca não teve um ano bom em 2008, mas diz estar "bem disposto, descansadão" para encarar a partir desta quarta-feira a pressão que representa dirigir o Flamengo. Mas ele vê seu time à frente dos demais para o Campeonato Carioca, no qual foi vice com o Botafogo por dois anos seguidos justamente para o atual clube:

- Que saímos um pouco na frente por ter mexido pouco é inquestionável. E tudo é bom quando você pega desde o começo. No segundo semestre (de 2008), as coisas estavam toratas no Santos e no Fluminense, Tive dificuldades para definir o time, dar minha forma de jogar e sair da zona de perigo.

Ciente de que mudanças ainda podem ocorrer no elenco rubro-negro, Cuca diz que é preciso estar prevenido para o caso de os laterais Leo Mouro ou Juan deixarem o clube. Por fim, ele gostou das contratações do zagueiro Douglas e do meia Willians, ambos vindos do Santo André:

- Teoricamente são desconheidos, mas de bom nível.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com