O novo camisa 10: Deivid sugere Ibson, que aponta Dário Bottinelli

O novo camisa 10: Deivid sugere Ibson, que aponta Dário Bottinelli

Atacante e volante reconhecem peso do número, mas Thomás e Adryan são citados. Após saída de Ronaldinho Gaúcho, Fla busca reforço de peso

Por ora, a camisa 10 do Flamengo está disponível. A conturbada saída de Ronaldinho Gaúcho do clube deixa o número vago até que um novo dono seja encontrado. O diretor de futebol rubro-negro, Zinho, diz que já tem o nome ideal. Quer contratar alguém que alie talento e reponsabilidade. No grupo atual, há quem diga que recusaria o número.

- A responsabilidade é muito grande, um peso enorme. Vários jogadores que passaram aqui marcaram o nome com a 10. Não gostaria de vestir a 10, não. Deixa para o Ibson, para o pessoal da criação (risos) - brincou o atacante Deivid, dono do número 9.

Ibson é outro que passa... O volante usa a 7 e tem até o número tatuado na perna direita. O jogador diz que apoia a contratação de um reforço de peso para assumir a lacuna deixada por Ronaldinho, mas cita outro candidato.

- Não sei se a 10 é pesada, mas jogar no Flamengo já pesa bastante. Seria importante chegar um jogador. No grupo, temos o Bottinelli. É um jogador de qualidade, meia de ofício, sabe chegar bem ao ataque. Se chegar alguém, que possa nos ajudar, tem que ser um jogador que alimente o ataque.

Ibson e Deivid também lembraram da base. E dois nomes foram apontados.

- Aqui dentro dá para encontrar, sim. No elenco e dentro da base. Tem o Adryan, que é bom jogador. Já mostrou isso, está sendo lapidado para subir e ficar. Se tiver oportunidade, vai agarrar - afirmou Deivid.

O camisa 7 acha que o meia-atacante Thomás também pode ser aproveitado. Na temporada passada, ele chegou a ser titular com Vanderlei Luxemburgo, mas não teve muitas chances com Joel e voltou para os juniores.

- Não conheço bem a base, pois fiquei um pouco fora. O Thomás ano passado vinha atuando bem, estava na Seleção sub-20 agora (conquistou o Torneio 8 Nações, na África do Sul). Acredito que ele vai voltar ao profissional, tem o Adryan que tem treinado. Espero que possam ajudar bastante, precisamos que nos ajudem - analisou Ibson.

No coletivo desta segunda-feira, a equipe titular não foi bem e acabou derrotada pelos reservas por 3 a 1. Deivid ocupou o lugar que era de Ronaldinho. Na zaga, Joel começou com Welinton e Marllon, já que Marcos González está com a seleção chilena. Depois, tirou o primeiro e lançou Airton. Desta forma, Amaral entrou no meio-campo. No gol, Paulo Victor continua na equipe de cima, e Felipe trabalhou entre os suplentes. Renato ganhou a vaga de Luiz Antonio. A formação que atuou mais tempo: Paulo Victor, Léo Moura, Welinton, Marllon e Magal; Airton, Renato,Kleberson e Ibson; Deivid e Love.

O grupo volta a treinar na manhã desta terça, no Ninho. À tarde, a delegação viaja para Campinas. Nesta quarta-feira, o Flamengo enfrenta a Ponte Preta, às 21h50m (de Brasília), no Moisés Lucarelli, pela terceira rodada do Brasileirão.

Fonte: GloboEsporte.com