Atleta da Namíbia é preso suspeito de estupro na Vila Olímpica

Esse já é o segundo caso envolvendo atletas e estupros.

Nesta segunda-feira (08), o atleta de boxe da Namíbia, Jonas Junius, de 22 anos, foi preso após ser acusado de estuprar uma camareira na Vila do Atletas, na zona Oeste do Rio de Janeiro. O caso corre a menos de uma semana da prisão do atleta de Marrocos detido pelo mesmo crime.

Segundo a Delegada Carolina Salomão, o atleta agarrou e beijou a camareira. Em seguida, Jonas Junius ofereceu dinheiro para que a vítima mantivesse relação sexual com ele. A mulher saiu correndo e procurou a polícia. O atleta foi levado para a delegacia, onde foi autuado e será encaminhado ao Complexo Penitenciário de Bangu ficando fora das provas de boxe.

Ele lutaria na noite de quinta-feira, dia 11, às 18h, com o atleta francês Hassan Anzile, no Pavilhão 6 do Riocentro. Jonas Junius foi o atleta que levou a bandeira da Namíbia na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos no estádio do Maracanã, durante a passagem da delegação do país africano.

Atleta foi porta-bandeira do país (Crédito: Reprodução )
Atleta foi porta-bandeira do país (Crédito: Reprodução )


Fonte: Com informações do G1