Bolt e jamaicanos não podem atrasar ''nem 30 segundos'' para treino

Aviso em hotel de time pede pontualidade aos atletas

Usain Bolt tem que ser rápido nas pista e pontual fora dela. Ele e os outros muitos corredores da delegação jamaicana têm uma rotina de treinamento que, ao que tudo indica, será bem regrada até o início dos Jogos Olímpicos.

No hotel que serve de QG dos atletas, um aviso de que ''nem 30 segundos de atraso'' serão tolerados foi colocado abaixo da programação do transporte. O habitual é que um ônibus saia duas vezes por dia em direção ao Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (Cefan), na Avenida Brasil. O local é a base de treinos do país.

"Se você chegar 30 segundos depois do horário de partida agendado, você verá os fundos do ônibus se dirigindo para a via principal rumo à instalação de treino", diz o aviso no hotel.

O aviso, por ora, tem sido respeitado. Nesta sexta-feira (29), Usain Bolt e os demais membros do time estavam prontos para a saída do ônibus pelo menos cinco antes do horário marcado. O astro jamaicano treinou, novamente, apenas na parte da tarde. 


Usain Bolt (Crédito: Globoesporte.com)
Usain Bolt (Crédito: Globoesporte.com)


Fonte: Com informações do GloboEsporte.com