Brasil empata com África do Sul e vai pegar Austrália nas quartas

Brasil poupa meio time e fica no zero com África do Sul

A torcida que compareceu à Arena da Amazônia esperando uma reedição dos shows que a seleção feminina de futebol apresentou nas duas primeiras rodadas dos Jogos Olímpicos se decepcionou, mas o Brasil conquistou seu objetivo. Nesta terça-feira (9), a equipe verde-amarela empatou por 0 a 0 com a África do Sul e avançou na primeira colocação do Grupo E.

Como o Brasil provavelmente terminaria em primeiro mesmo se perdesse, o técnico Vadão poupou seis titulares – incluindo a estrela Marta, que jogou só o segundo tempo. Outro desfalque foi a atacante Cristiane, que se recupera de lesão muscular.

A seleção terminou a primeira fase com sete pontos, graças às confortáveis vitórias sobre China e Suécia no Engenhão. A adversária nas quartas de final será a Austrália, algoz do Brasil na última Copa do Mundo, na próxima sexta-feira (12), em Belo Horizonte, às 22h (de Brasília). Se passar, o Brasil enfrenta na semifinal o vencedor do duelo entre os favoritos Estados Unidos e a Suécia.

Com a primeira colocação do Grupo E virtualmente garantida, o técnico Oswaldo Alvarez fez seis mudanças na equipe principal: trocou Bárbara por Aline no gol, Fabiana por Poliana na lateral direita, Rafaelle por Bruna na zaga, Formiga e Marta por Érika e Andressinha no meio, e Bia por Raquel no ataque. Além disso, a centroavante Cristiane, lesionada, deu lugar a Debinha. Com tantas alterações, o padrão de jogo naturalmente caiu um pouco.

A seleção dominou a África do Sul e teve as melhores chances da primeira etapa, mas, com meio time reserva, não mostrou a mesma agressividade e principalmente o mesmo aproveitamento dos jogos anteriores.

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações da UOL