Brasil perde da China e dá adeus ao sonho do tri olímpico no vôlei

A semifinal é já na quinta-feira, de novo às 22h15

O Brasil deu adeus ao sonho do tricampeonato olímpico no vôlei feminino. Em um dia irreconhecível, a seleção de José Roberto Guimarães acabou tomando uma virada inacreditável e acabou batida pela China por 3 sets a 2 (15-25, 25-23, 25-22, 22-25 e 15-13). Assim, um dos maiores favoritos ao ouro cai precocemente ainda nas quartas de final.

Para quem pensava que a China seria uma adversária fraca, as asiáticas mostram porque são bicampeãs olímpicas. E acabaram desbancando o favorito Brasil, que ainda não havia perdido nenhum set na competição e vinha em busca de sua sétima semifinal consecutiva em Jogos Olímpicos.

O curioso da derrota é que o Brasil teve um começo arrasador e deu a impressão que liquidaria a fatura rapidamente. O primeiro set teve um domínio completo verde e amarelo e acabou em um massacre com dez pontos de vantagem.

A partir da segunda parcial, porém, a China se achou. O time asiático passou a ser aquele adversário ‘chato' que sempre costuma ser, sem deixar a bola cair no chão em quase nenhum momento.

E essa defesa mais ‘intransponível' acabou deixando o Brasil nervoso, errando bem mais. Assim, a China levou dois sets consecutivos e chegou a estar em vantagem para fechar o jogo.

Brasil reagiu e, na base da raça, triunfou no quarto set, levando o confronto para o tie-break. Na parcial decisiva, Brasil e China fizeram um duelo bastante equilibrado. Na reta final da partida, porém, a seleção brasileira errou quando não poderia. As chinesas mostraram mais 'sangue frio' e ficaram com o resultado positivo.

Classificadas, as chinesas agora enfrentam a surpreendente Holanda, que só perdeu para os EUA até agora na competição. As holandesas têm menos tradição e nunca conquistaram nenhum torneio mundial - na Olimpíada, por exemplo, já faz a sua melhor campanha de toda a história -, mas estão em um bom momento.

A semifinal é já na quinta-feira, de novo às 22h15 (horário de Brasília). Do outro lado da chave, os Estados Unidos enfrentam a Sérvia.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do SporTV