Estrangeiros gastaram em média por dia, cerca de R$ 424,00 no Rio

Prefeito do Rio comemora sucesso dos jogos olímpicos na cidade

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, concedeu entrevista a respeito do balanço feito nos Jogos Olímpicos que garantiu sucesso na hotelaria carioca que registrou 94% da ocupação durante o período das Olimpíadas, além de bons números no turismo que aconteceu no Rio Media Center, na Cidade Nova, com a presença do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, e o secretário Municipal de Transporte, Rodrigo Vieira.

A cidade recebeu 1,17 milhão de turistas com 410 mil estrangeiros na conta. Os Estados Unidos foram o país com maior número de turistas, seguido por Argentina e Alemanha. Dos brasileiros, 43% dos turistas foram de São Paulo, na frente dos gaúchos e dos mineiros.A Olimpíada foi positiva, sobretudo para a economia do Rio de Janeiro. Na Zona Sul, o comércio registrou um aumento de 70% comparado ao mês de agosto nos outros anos. Em outras localizações como Barra da Tijuca, Centro e Zona Norte, as vendas subiram 30%.

Image title

Eduardo Paes ressaltou a importância de algumas instalações serem móveis, como a possibilidade da piscina onde Michael Phelps nadou, ser transportada para outra cidade.“É importante falar desse conceito de arquitetura nômade, ou seja, o estádio aquático será transformado em dois centros aquáticos. E temos uma novidade: já recebemos solicitações de três prefeitos de capitais pelo Brasil para que uma dessas piscinas seja doada para outra cidade. Como esse estádio foi pago pelo governo Federal, eu, com tranquilidade, abriria mão de uma das piscinas para a gente ter em uma outra capital brasileira a piscina na qual o Michael Phelps bateu tanto recorde.” Disse o prefeito.

Para o prefeito, as Olimpíadas calaram os críticos que imaginavam que a cidade não poderia realizar o evento. “O mundo viu a cara do Brasil por inteiro. Que superamos a questão da segurança, que foi um dos males propagados no exterior, com mais de 90% de aprovação da segurança. Mais do que em muitos países de onde eles vieram”.

O Boulevard Olímpico também foi pauta, pois atraiu quatro milhões de turistas durante os Jogos e devido ao sucesso, ficará até a Paralimpíada sem fechar nenhum dia. A Casa Brasil é outra que estará aberta todos os dias das 14h às 20h nesse período.

Fonte: iG