Ingrid desabafa após briga com colega e romance na Vila Olímpica

Uma briga entre as saltadoras foi o assunto na Vila.

Ingrid Oliveira quebrou o silêncio após ver seu nome envolvido no centro de uma polêmica que afetou a dupla formada com Giovanna Pedroso. Juntas, as atletas competiram nos saltos ornamentais nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Entretanto, após a eliminação do torneio, as atletas revelaram uma briga entre elas e deram a parceria como encerrada.

A briga foi motivada por uma série de desavenças: locais de treino, ordem dos saltos a ser realizada e até mesmo uma “ficada” de Ingrid com outro atleta da delegação brasileira, que teria sido o estopim para o racha entre as atletas. O "muso", apelido pelo qual o COB vinha se referindo, é Pedro Henrique Gonçalves da Silva, 23, que representa o Brasil na categoria K1 da canoagem – e competiu na última quarta-feira (10), conseguindo o sexto lugar, algo inédito para o país.

Nesta quinta-feira (11), Ingrid usou sua conta em uma rede social para dar sua versão dos fatos e agradecer o apoio dos fãs neste momento difícil.

Ingrid Oliveira (Crédito: Reprodução)
Ingrid Oliveira (Crédito: Reprodução)

“Gostaria de agradecer a todos pela força que vocês estão me dando, Obrigado de coração pelas palavras de apoio. Meta a gente busca, caminho a gente acha. Desafio a gente enfrenta e sonho a gente realiza. A derrota na vida também é uma vitória, e sem ela a gente não cresce. Errar todo mundo erra, ninguém é perfeito abaixo de Deus, mesmo estando brigada com a Giovanna, continuo confiando nela e continuo colocando minha mão no fogo por ela”, escreveu a atleta.

Apesar do impasse, Ingrid salienta que ainda pretende conversar com Giovanna para acertar as arestas e recuperar o bom relacionamento que sempre tiveram durante o período em que competiram juntas.

“Somos amigas sim, e já passamos por muitas coisas juntas e momentos bons e ruins de ambas as partes. Depois daqui vamos sentar e conversar, mas no momento estou totalmente focada para entrar em uma final olímpica (coisa que ninguém fez)”, salientou Ingrid.

Assim como aconteceu após o término da prova, Ingrid fez questão de exaltar o seu desempenho na plataforma de salto, esquecendo-se de citar a performance de sua companheira.

“A minha competição era em dupla. Se uma errar, prejudica a nota da outra. E se vocês assistirem a competição, verão que não tive notas abaixo de 6”, explicou Ingrid.

Por fim, a atleta desconversou sobre o problema que teria causado o racha definitivo entre ela e Giovanna.  Ingrid conheceu outro atleta na Vila Olímpica e quis leva-lo para o apartamento que dividia com Giovanna. Incomodada com a situação, já que Ingrid teria pedido que ela deixasse o local, a atleta reclamou para os dirigentes da delegação brasileira, que contemporizaram o caso. Em seu post, Ingrid disse que não comentaria o problema.

“Sobre a minha vida pessoal, não tenho absolutamente nada a declarar. Já falei e vou repetir: o que faço na minha vida pessoal só diz respeito a mim e mais ninguém”, concluiu a competidora.

Atleta que foi pivô da briga (Crédito: Reprodução)
Atleta que foi pivô da briga (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Uol