Já classificado para as quartas, Brasil perde para a Suécia

O Brasil está na terceira colocação do Grupo B

Já estava tudo definido quando a seleção masculina de handebol do Brasil entrou em quadra para enfrentar a Suécia, na tarde desta segunda-feira, na Arena do Futuro. A vaga inédita na fase de mata-mata de Jogos Olímpicos já estava nas mãos, assim como a terceira colocação do Grupo B. Motivos mais do que suficientes para os meninos entrarem em quadra com o freio de mão puxado. Longe de conquistarem uma vitória para fechar a primeira fase com chave de ouro, os brasileiros não foram páreos para os oponentes europeus. Os suecos, atuais vice-campeões olímpicos, mesmo já eliminados na lanterna, resolveram jogar como não fizeram durante todo torneio. E levaram a melhor por 30 a 19, se despedindo da Olimpíada com esse único triunfo em solo carioca.

- Agora é recuperar o mais rápido possível. Temos um páreo muito duro pela frente, é mata-mata e espero que a gente consiga essa classificação para as semifinais - disse o central João, que foi poupado e praticamente não atuou diante da Suécia.

A seleção brasileira encerra a primeira fase com duas derrotas, um empate, mas duas vitórias importantíssimas, que ajudaram demais a equipe a garantir a classificação inédita. Elas foram na estreia sobre a Polônia, terceira colocada no último Mundial, e sobre a Alemanha, atual campeã europeia e líder do ranking mundial.

Brasil perde para Suécia, mas está classificado para as quartas
Brasil perde para Suécia, mas está classificado para as quartas

Com o terceiro lugar do Grupo B, o Brasil pega quem ficar em segundo no A. A seleção masculina aguarda o duelo entre Croácia e Tunísia, às 19h50 (de Brasília), para saber justamente quem vai encarar na próxima fase. Medalhistas de bronze em Londres 2012, os europeus são favoritos e assumem a liderança da sua chave caso consigam a vitória, determinando, dessa forma, que os donos da casa enfrentem a França, atual bicampeã olímpica e campeã mundial. Se os croatas empatarem ou perderem para os tunisianos, serão eles os próximos adversários da equipe brasileira.

O Brasil soube que já havia se classificado quando a Eslovênia derrotou a Polônia, na manhã desta segunda-feira, na partida de abertura da quinta rodada do torneio de handebol masculino. Se juntam à seleção brasileira na próxima fase a líder Alemanha, a vice-líder Eslovênia e a quarta colocada Polônia. Pelo Grupo A, estão garantidos a França, a Croácia e a Dinamarca. Ou o Catar ou a Argentina pega a última vaga. Todas as partidas das quartas de final serão disputadas nesta quarta-feira, na Arena do Futuro. Os horários dos confrontos ainda serão definidos pela organização da Rio 2016.


Fonte: globoesporte.com