Lochte diz que "imaturidade e álcool" mancharam a Olimpíada

Nadador mentiu sobre falsa blitz e assalto no Rio de Janeiro

Após sentir no bolso os efeitos da mentira sobre um falso assalto no Rio de Janeiro, Ryan Lochte comentou a perda dos quatro patrocinadores pessoais que tinha. Em entrevista a um talk show americano, o nadador evitou um tom de lamento e finalmente admitiu que suas próprias ações o prejudicaram. Mesmo assim, minimizou a dimensão do caso.

"Agradeço pela oportunidade que nossos parceiros me proporcionaram ao longo dos anos. Cometi um erro e definitivamente aprendi com eles. Foram grandes Jogos, e minha imaturidade e comportamento alcoolizado mancharam isso um pouco", disse o atleta.

Entenda

Lochte e outros três nadadores (Gunnar Bentz, Jack Conger e James Feigen) disseram ter sido vítimas de um assalto à mão armada depois de uma festa na Casa da França, na Lagoa, Zona Sul do Rio de Janeiro, na madrugada do dia 14 de agosto. Segundo o primeiro relato os bandidos portariam distintivos policiais e pararam o táxi onde os atletas estavam, o que configuraria uma falsa blitz. Alguns dias depois, a história provou ser falsa.

As investigações apontaram para uma confusão com funcionários de um posto de gasolina no Rio, sem indícios de roubo, como informou o chefe da Polícia Civil, Fernando Veloso. Segundo depoimentos, eles teriam praticado vandalismo no banheiro, dando início à confusão com os funcionários.

Patrocínios

Nesta segunda-feira (22), o nadador perdeu seus quatro patrocinadores oficiais: Speedo, Ralph Lauren, uma marca de cosméticos e outras de colchões. De acordo com a revista americana Forbes, o prejuízo do atleta pode ser de R$ 5 a 10 milhões a longo prazo.

Aos 32 anos, Ryan Lochte é um dos nadadores mais bem sucedidos da história, sendo dono de 12 medalhas olímpicas entre Atenas 2004 e Rio 2016, na qual nadou em duas modalidades, ganhando um ouro no revezamento 4x200m livre. 


Ryan Lochte levou uma medalha de ouro na bagagem (Crédito: AP)
Ryan Lochte levou uma medalha de ouro na bagagem (Crédito: AP)


Fonte: Com informações do GloboEsporte.com