Michael Phelps chega ao Rio de Janeiro para sua despedida olímpica

O astro foi o último da delegação a passar pelo saguão do aeroporto

Atleta mais laureado da história olímpica com 22 medalhas (18 de ouro), Michael Phelps já está no Brasil para tentar aumentar sua coleção. O astro americano, que fará sua despedida das piscinas na Olimpíada do Rio 2016, desembarcou na capital fluminense na madrugada desta terça-feira, no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, o Galeão. O avião com toda a equipe de 45 nadadores dos Estados Unidos pousou por volta de 0h30 (de Brasília), com quase uma hora de atraso em relação ao horário programado.

Um esquema de segurança com policiais federais e militares do exército foi montado, principalmente, por conta da presença de Phelps. Bastante blindado, o astro foi o último da delegação a passar pelo saguão do aeroporto. Com o passo acelerado, o nadador seguiu diretamente para o ônibus da organização da Rio 2016, sem nenhum contato com a imprensa, assim como os outros atletas da equipe americana.

Do aeroporto, a delegação partiu para a Vila Olímpica, na Barra da Tijuca. Sem trânsito, o trajeto foi feito em cerca de 30 minutos. Na chegada à residência oficial dos atletas, o esquema de segurança foi bem mais leve. Carregando um travesseiro, Phelps desceu com tranquilidade do ônibus em meio aos demais atletas, inclusive, de outras delegações, como a de Aruba, que chegava no mesmo instante. Já passava das 2h (de Brasília) quando os americanos finalizaram a entrada na Vila e seguiram para o prédio destinado ao país.

Principal potência da natação mundial, o time americano conta, além de Phelps, com astros como a dona de três recordes mundiais, Katie Ledecky, a vencedora de quatro ouros nos Jogos de Londres, Missy Franklin, e o dono de 11 medalhas olímpicas, Ryan Lochte. O veterano, por sinal, foi um dos que mais chamou a atenção no desembarque com seu novo penteado para a Olimpíada do Rio: cabelo tingido de prateado.

Após cumprir a última fase da preparação em Atlanta, na Geórgia - cidade com apenas uma hora de diferença de fuso horário para o Brasil, o time americano embarcou para o Brasil ainda na tarde de segunda-feira nos Estados Unidos. O voo até o Rio foi em um avião particular de propriedade do empresário Mark Cuban, dono do time do Dallas Mavericks, da NBA.No Rio, Phelps fará sua segunda - e definitiva - despedida do esporte.

Após a Olimpíada de Londres, o nadador chegou a se aposentar e passou pouco mais de um ano e meio afastado das piscinas. No período, sofreu com problemas de depressão e vícios e encontrou forças para se recuperar com a ajuda da natação. Regenerado, decidiu buscar classificação para sua quinta e última Olimpíada e anunciou que pararia de vez ao fim dos Jogos no Brasil.Michael Phelps poderá aumentar em até seis medalhas seu recorde de láureas olímpicas. Está classificado para três provas individuais - 100m e 200m borboleta, além dos 200m medley - e, segundo a imprensa americana, também será escalado para o revezamento 4x100m livre. O nadador pode ainda ser escalado para os revezamentos 4x100m medley e 4x200m livre.


Michael Phelps desembarca no Rio  (Crédito: Fabrício Marques)
Michael Phelps desembarca no Rio (Crédito: Fabrício Marques)
Michael Phelps desembarca no Rio  (Crédito: Fabrício Marques)
Michael Phelps desembarca no Rio (Crédito: Fabrício Marques)
Fonte: Com informações: Globo Esporte