Judô:Rafaela bate três rivais, vai à semifinal e fica perto do ouro

Rafaela Silva é a 1ª brasileira na semifinal do judô.

Atualizada às 13: 02

Rafaela Silva é a 1ª brasileira na semifinal do judô

Rafaela Silva derrotou Hedvig Karakas, a mesma húngara que a tirou dos Jogos de Londres, em 2012, episódio que levou a depressão e quase a tirou do esporte.  A carioca sabia que precisava se movimentar para encaixar a pegada na húngara, que tem um reflexo rápido. Mais agressiva, a europeia conseguiu forçar uma punição de Rafa. Mas, logo depois, ela devolveu.

Após uma luta parelha nos dois primeiros minutos e nenhuma entrada de golpe, Rafaela tratou de colocar fogo na disputa com a entrada de um potente golpe de perna: wazari para delírio da torcida que empurrava sem parar a atleta da casa.

Restava um minuto, e bastava Rafaela cozinhar a luta. Ela podia, inclusive ser punida mais duas vezes. Nem precisou. Vitória importantíssima, vaga na final e disputa de medalha garantida para a menina da Cidade de Deus.

Na semifinal, a brasileira Rafaela Silva pega a romena Corina Caprioriu. As lutas decisivas da categoria até 57kg começam às 15h30, na Arena Carioca 2.

Rafaela Silva derrota Hedvig Karakas
Rafaela Silva derrota Hedvig Karakas

Atualizado às 11h40

Rafaela Silva vence segunda luta e vai para as quartas

Rafaela Silva venceu a sua segunda luta do dia contra a sul-coreana Jandi Kim, segunda do ranking mundial. Com o resultado, a atleta do Brasil vai para as quartas de final da disputa até 57 kg da Rio-2016. 

A luta não foi tão rápida como o primeiro combate de Rafaela Silva do dia. Com muita pegada e penalidades para as duas atletas, a brasileira ficou em vantagem aplicando um wazari na adversária faltando um minuto para acabar a luta. 

Rafaela Silva e a sul-coreana (Crédito: Reprodução)
Rafaela Silva e a sul-coreana (Crédito: Reprodução)


Rafaela Silva estreia com rápida vitória no judô na Rio-2016

Rafaela Silva venceu a alemã Miryam Roper em sua estreia no judô na Rio-2016. A brasileira venceu com um wazari e mais um ippon com menos de um minuto de luta e se classificou para as quartas de final.

Com 14 segundos de luta, Rafaela Silva conseguiu jogar a alemã de lado aplicando um wazari. As duas se ajeitaram para voltar ao combate e, muito focada, a brasileira deu um ippon em Roper, para acabar a luta de vez.

A alemã é velha conhecida de Rafaela Silva, que ganhou todas as nove lutas que disputou. Miryam Roper tem 34 anos e nunca conquistou um título mundial. Ela ganhou dois bronzes em 2013 e 2014.

Agora, Rafael Silva vai enfrenta a sul-coreana Jandi Kim na próxima fase. A adversária é a segunda colocada no ranking mundial.

É o terceiro dia de competições no judô da Rio-2016. O esporte, apesar de ser uma das maiores chances de medalhas do Brasil, ainda não levou brasileiros ao pódio. Felipe Kitadai, Charles Chibana, Sarah Menezes e Érika Miranda deixaram a competição nos dois primeiros dias sem conseguir medalhas.


Rafaela Silva
Rafaela Silva

 

Fonte: Com informações da UOL