Robson Conceição vence francês e ganha ouro nas Olimpíadas

O resultado faz Conceição superar a melhor campanha do Brasil.

Robson Conceição fez história nesta terça-feira. Empurrado pelos torcedores presentes no pavilhão seis do Riocentro, o baiano confirmou seu favoritismo com uma vitória incontestável para se consagrar como o primeiro pugilista medalhista de ouro do Brasil em Olimpíadas. O feito histórico veio após vencer a luta contra o francês Sofiane Oumiha por decisão unânime dos jurados (30-27, 29-28 e 29-28) na categoria dos pesos-leves (até 60 quilos).

O resultado faz Conceição superar a melhor campanha do Brasil na modalidade em edições de Jogos Olímpicos. A marca anterior pertencia a Esquiva Falcão, medalhista de prata em Londres-2012. Os outros medalhistas brasileiros são Servílio de Oliveira (Cidade do México-1968), Yamaguchi Falcão (Londres-2012) e Adriana Araújo (Londres-2012), todos com medalha de bronze.

Neste último um ano e meio, Conceição se dividiu entre treinos com a seleção brasileira em São Paulo e com seu técnico pessoal, Luiz Dórea, na Bahia. Isso porque o pugilista baiano queria ficar mais perto da família após o nascimento da filha Sophia.

Apesar dessa "divisão", Robson participou de todos compromissos importantes da seleção, como finalizações para torneios, como o Mundial, e training camps em outros países. Quem o acompanhou nessas lutas da APB (Liga Profissional da Aiba) foi o técnico Mateus Alves, da Confederação Brasileira de Boxe.

Aos gritos de “o campeão chegou”, o brasileiro entrou aclamado no ringue. Já o francês enfrentou algumas vaias e ouviu o tradicional grito “uh, vai morrer”. Os dois começaram o primeiro round com uma luta franca. Robson dominou o centro e utilizou uma estratégia de ser muito agressivo, para já deixar uma boa impressão aos juízes. Ao final, o brasileiro venceu a parcial por triplo 10-9.

No segundo assalto, o francês demonstrava boa velocidade, mas Conceição, apesar de abusar da guarda baixa, conseguia impor seu jogo, investindo em golpes mais potentes do que o rival. Assim como no primeiro, o brasileiro também venceu por triplo 10-9.

No último round, já com a vitória garantida por pontos, Conceição soube administrar a luta, ditando muito bem o ritmo. Ainda assim, dois jurados deram vitória no assalto ao francês, enquanto um deles ainda viu o brasileiro melhor. O resultado? A primeira medalha de ouro do Brasil no boxe olímpico.

Fonte: Com informações do Uol