Sarah Menezes perde na repescagem e dá adeus ao bronze

A algoz foi a mongol Urantsetseg Munkhbat.

Atualizado às 21h30

Sarah Menezes não tem fratura no joelho

A judoca Sarah Menezes foi submetida a exames de imagem (raio-x e ultra-som) na Policlínica da Vila Olímpica na tarde deste sábado, logo após ser derrotada na repescagem da categoria ligeiro, até 48kg, da competição de judô dos Jogos do Rio. Os exames não apontaram fratura no cotovelo direito, luxado durante a luta na Arena Carioca 2.

O braço foi imobilizado e, em dois dias, será feita ressonância magnética para identificar outras possíveis lesões na região. O coordenador médico do Time Brasil, Breno Schor, acompanhou a atleta. Quando Sarah deixou o Parque Olímpico de ambulância, havia a suspeita de lesão de ligamento. Os próximos exames de imagem vão eliminar a dúvida.

A peso-ligeiro, que buscava uma medalha de bronze, foi superada por Urantsetseg Munkhbat, da Mongólia, e ficou a uma luta da disputa pelo pódio. Ela terminou em sétimo. Após a derrota, Sarah saiu do Parque Olímpico com o braço direito imobilizado e muito abatida. Quatro anos após ser coroada na Olimpíada de Londres, a judoca desperdiçou a grande oportunidade de ser bicampeã olímpica. Sarah venceu sua luta de estreia, mas nas quartas de final foi derrotada pela cubana Dayaris Mestre Alvarez.

Sarah Menezes (Crédito: Reprodução)

Atualizado às 16h30

Sarah Menezes sofre luxação no cotovelo e tem suspeita de lesão no ligamento

A dor de Sarah Menezes ficou ainda maior. Fora da disputa por medalhas na Olimpíada do Rio após a derrota para Urantsetseg Munkhbat, da Mongólia, a campeã olímpica em Londres sofreu uma luxação no cotovelo direito. Há suspeita de lesão no ligamento, segundo médicos que atenderam a judoca após a luta.

Sarah saiu do Parque Olímpico com o braço direito imobilizado e muito abatida. Ela foi direto para a Policlínica da Vila dos Atletas para realizar exames. A peso-ligeiro (até 48kg), que ainda buscava uma medalha de bronze nos Jogos do Rio, foi superada pela asiática por finalização (chave de braço), ficando a uma luta da disputa pelo pódio.

"Ela tomou uma chave de braço e teve uma lesão no cotovelo que a impediu de continuar a luta. O cotovelo foi reposicionado. Ela vai fazer mais exames para determinar qual a lesão. Relatou que o cotovelo saiu do lugar e ela mesmo recolocou. É uma lesão relativamente comum. Ela contou que já na primeira chave de braço sentiu isso", disse o médico Mateus Saito.

Sarah Menezes perde na repescagem e dá adeus ao bronze

Após ser eliminada da chave principal dos ligeiros (48kg) pela cubana Dayaris Mestre Alvarez, Sarah Menezes perdeu sua primeira luta na repescagem. A algoz foi a mongol Urantsetseg Munkhbat, campeã mundial de 2013 e líder do ranking da Federação Internacional de Judô. Ela foi derrotada no golden score por imobilização. 

Em provas individuais, o Brasil tem só dois bicampeões olímpicos, Robert Scheidt, da vela, e Adhemar Ferreira da Silva, do atletismo. Mas só Adhemar, há 60 anos, conseguiu o segundo ouro quatro anos depois do primeiro. Scheidt tem uma prata, de Sydney-2000, entre os dois ouros de Atlanta-1996 e Atenas-2004.

A introdução serve para lamentar as duas derrotas de Sarah Menezes, a primeira campeã olímpica do judô, neste sábado, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A sina de campeões olímpicos, que já tinha atingido nomes como Aurélio Miguel e Rogério Sampaio, do judô, Joaquim Cruz, do atletismo, ou até Guilherme Paraense, do tiro esportivo, caiu sobre a piauiense.

Defender um título importante é sempre difícil. Quando Sarah venceu em Londres, foi uma surpresa. Mas a medalha de ouro virou um alvo. Nos últimos quatro anos, foram muito mais derrotas do que o esperado. E uma fase sem títulos entre 2014 e 2015 que durou quase um ano.

Sarah Menezes ficou no chão após a luta (Crédito: Reprodução)
Sarah Menezes ficou no chão após a luta (Crédito: Reprodução)
Disputa foi difícil (Crédito: Reprodução)
Disputa foi difícil (Crédito: Reprodução)
Urantsetseg Munkhbat (Crédito: Reprodução)
Urantsetseg Munkhbat (Crédito: Reprodução)
Sarah saiu chorando e com muita dor (Crédito: Reprodução)
Sarah saiu chorando e com muita dor (Crédito: Reprodução)
Luta de Sarah (Crédito: Reprodução)
Luta de Sarah (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações da UOL