Seleção Brasileira perde para a Itália em atuação irreconhecível

Time começou bem, mas depois caiu bastante de produção

Quem desligou a televisão no fim do primeiro set do jogo contra a Itália pensou que o Brasil não teria grandes dificuldades para confirmar a vitória. Afinal, o time brasileiro de vôlei masculino fechou em 25 a 23 e chegou a ser superior ao adversário. O problema é que parece ter sido apenas uma ilusão, já que nos sets seguintes a situação foi bem diferente. Quanto mais o tempo passava, mais piorava. 

Nem mesmo a união e a vibração dos jogadores do Brasil foi suficiente diante da líder do grupo A da Olimpíada, agora com 12 pontos - os donos da casa têm seis, empatados com Estados Unidos, Canadá e França. No começo, esses dois importantes detalhes ainda ajudaram a equipe comandada pelo técnico Bernardinho a se sair melhor do que os italianos, mas não o suficiente para mantê-la no posto até o fim. Até que a Itália venceu por 3 a 1 no Maracanãzinho e escancarou alguns problemas brasileiros. 

Wallace para no bloqueio italiano (Crédito: AP)
Wallace para no bloqueio italiano (Crédito: AP)

Com o passar do jogo, porém, parece que o time brasileiro foi “murchando” e perdendo um pouco a cabeça. Tanto que, no último set, perdeu por 25 a 15 e deu diversos sinais de fraqueza diante da Itália. O que mais dificultou o Brasil foram as faltas de opções pelo meio. A seleção apostou muito pouco em jogadas com os centrais e facilitou a defesa do time europeu. 

O que mais dificultou o Brasil foram as faltas de opções pelo meio. A seleção apostou muito pouco em jogadas com os centrais e facilitou a defesa do time europeu. 


Fonte: Globo Esporte