Técnico da Seleção Olímpica quer time ofensivo contra Japão

Um time ofensivo com Gabriel Jesus, Neymar e Gabigol

Um time ofensivo com Gabriel Jesus, Neymar e Gabriel e apenas um volante de marcação. Um esquema inédito na seleção, o 4-1-4-1. E um treinador ousado, que gosta de misturar política e futebol.

A partir das 16h30, a seleção olímpica fará neste sábado (30) o único teste antes da abertura dos Jogos Olímpicos. Ensaiado por Rogério Micale há menos de duas semanas, o time nacional enfrentará o Japão, no Serra Dourada.

Escolhido às pressas pela CBF após Tite recusar o comando do time na disputa da inédita medalha de ouro olímpica, o baiano de 47 anos promete uma equipe arrojada. Além do trio ofensivo, ele vai colocar os meias Rafinha e Felipe Anderson em campo. O volante Thiago Maia é o único com características defensivas no meio campo da seleção no Serra Dourada.

Jogadores durante treino da Seleção (Crédito: Divulgação)
Jogadores durante treino da Seleção (Crédito: Divulgação)

Fã de Guardiola, o treinador não descarta deixar o time no segundo tempo com quatro atacantes. Em Teresópolis, ele ensaiou várias vezes o atacante Luan, do Grêmio, com Jesus, Neymar e Gabriel.

"É possível ser equilibrado com quatro atacantes se houver entendimento do momento de mudar a chave [de todos marcarem quando o time perder a bola], explicou Micale, que fez carreira comandando times nas categorias de base.

Os jogadores apoiam o novo estilo desenhado pelo treinador.


Fonte: Uol