Tocha olímpica cruza a Baía de Guanabara e chega ao Rio de Janeiro

A chama partiu de Niterói e cruzou a Baía de Guanabara

Depois de visitar 324 cidades e passar pelos quatro cantos do país, a tocha olímpica chegou nesta quarta-feira as mãos do prefeito do Rio, Eduardo Paes. A chama partiu de Niterói e cruzou a Baía de Guanabara a bordo do barco da família Grael, "Lady Lou", com destino à Escola Naval. Pouco antes de aportar em território carioca, a chama foi transferida para uma embarcação da Marinha do Brasil e ao som de "Cidade maravilhosa", a lamparina foi entregue ao prefeito Eduardo Paes pelos irmãos iatistas Lars e Torben Grael.

No Rio, o prefeito Eduardo Paes abriu os trabalhos antes da tocha olímpica embarcar no VLT, na Estação do Aeroporto Santos Dumont em direção à Cinelândia, onde estará o gari Renato Sorriso. Após passar em frente ao Theatro Municipal, o comboio seguirá percorrendo as principais ruas do centro da cidade e da região portuária. Por causa da tocha, o horário de operação do VLT será alterado, funcionando das 12h até às 24h.

Na quinta-feira, a festa continua apenas na capital, que terá feriado, conforme anunciou o prefeito Eduardo Paes. A previsão é que as ruas por onde a tocha passará sejam fechadas uma hora antes. Por isso, os moradores do Recreio e da Barra deve ficar atentos pois, a partir das 8 horas, começará o revezamento em toda orla. O destaque do início da festa será do surfista Rico de Souza, que vai segurar o fogo olímpico sobre as ondas da Praia da Macumba, no Recreio.

Na sexta, dia da abertura, a previsão é que depois das 8h parta o comboio da tocha da Praia de Botafogo e siga até a Gávea. Depois, a cerimônia recomeça da Praia de São Conrado, seguindo por toda a orla da Zona Sul até a Praia de Copabana, na altura da Avenida princesa Isabel. O revezamento ainda passará pela Urca, antes de chegar ao Monumento aos Pracinhas, no Aterro do Flamengo. O cavaleiro Rodrigo Pessoa, medalhista olímpico, será o último condutor da tocha.

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Jornal Extra