Oposição vê Adriano humilhado e sem autoestima no Corinthians

Paulo Garcia prometeu revisar contrato de atacante caso seja eleito

A oposição corintiana, que lançou chapa de Paulo Garcia nesta terça-feira para concorrer à presidência, fez comentários amenos a respeito de Adriano. Contratação mais contestada da gestão Andrés Sanchez, ele foi visto como "humilhado" pelo candidato, que pretende analisar o contrato caso vença a eleição do próximo dia 11. Garcia ainda negou qualquer chance de mudar o elenco ou mesmo o treinador do Corinthians.

"Como jogador, eu acho o Adriano excelente. Vou ler o contrato, conversar com o jogador, porque não sei o que acontece na realidade. Isso precisa ser esclarecido. Contrataram jogadores para a mesma posição e ele está sendo humilhado. Com a autoestima baixa, não vai render no Corinthians", afirmou Paulo Garcia.


Oposição vê Adriano humilhado e sem autoestima no Corinthians

O candidato ainda recordou de possíveis cláusulas que poderiam cortar os salários de Adriano, que tem quatro jogos incompletos desde a contratação pelo Corinthians, em março do último ano. "Vamos conversar, porque se dizia que ele tinha um contrato de risco e não seria pago se não rendesse. Mas é um ser humano, bom jogador, vamos ver o que acontece".

Caso assuma a presidência do Corinthians em pleno mês de fevereiro, quando se abre a fase de grupos da Copa Libertadores, ele negou qualquer tipo de mudança no futebol profissional. "O Tite será mantido. Ele ganhou o Brasileiro e você não pode mexer no meio do caminho, técnico é isso aí. O time está bem postado, tem um elenco bom e não vejo porque mudar nada".

Fonte: Terra, www.terra.com.br