Com má fase de Ganso, Oscar reina no meio-campo da seleção

Com má fase de Ganso, Oscar reina no meio-campo da seleção

Jogador do Chelsea está à vontade e promete se firmar com a camisa 10

Oscar parece ser cada vez mais o dono da emblemática camisa 10 da seleção brasileira. Mesmo depois da decepção nos Jogos Olímpicos, o meio-campo segue com a confiança do técnico Mano Menezes e se apresenta como o cérebro da equipe que faz o amistoso contra a África do Sul, na sexta-feira (7), no Morumbi.

Durante todas as atividades da semana no Centro de Treinamento do São Paulo, em Cotia (SP), o jovem, prestes a completar 21 anos, chamou atenção da comissão técnica. Com a bola nos pés, ele tem a missão de acionar os sempre habilidosos Lucas e Neymar e ainda deixar o artilheiro Leandro Damião na cara do gol.

Mesmo recém-negociado com o Chelsea, da Inglaterra, Oscar demonstra também que já se adaptou ao estilo de futebol europeu. Sem a bola, o jogador compõe bem o sistema defensivo e não raro ganha elogios do técnico por isso.

? Aqui há grandes jogadores, que estão vivendo um grande momento, e têm tudo para reconquistar tudo o que a outra geração deixou. Essa seleção é ofensiva. Em todos aos amistosos, o time tomou a iniciativa, sempre jogando para a frente.

Oscar ainda se aproveita do mau momento vivido por Paulo Henrique Ganso, reserva em Londres 2012 e sequer convocado para os amistosos. Outrora preferido de Mano, o meia do Santos vive uma indefinição quanto ao seu futuro e ainda não sabe se será negociado.

Vendo o amigo perder espaço, Neymar implora pelo fim da novela entre Ganso e Santos.

? Converso pouco com ele sobre esse assunto, é um assunto chato, mas torço para que se resolva logo e ele permaneça ao meu lado porque a casa dele é o Santos.

Fonte: r7