Oscar Pistorius chora após caminhar sem as próteses em tribunal

O atleta enfrenta uma pena mínima de 15 anos de prisão

O bicampeão paralímpico Oscar Pistorius apareceu pela primeira vez publicamente sem as próteses nas pernas. Durante o seu julgamento nesta quarta-feira, em Pretória, o atleta retirou as duas próteses e caminhou pelo tribunal, para simular a noite em que ele matou a namorada Reeva Steenkamp. De acordo com o jornal britânico “Daily Mail”, que afirmou que “Blade Runner” foi "humilhado", a ideia da defesa era convencer o juiz de Pistorius era muito vulnerável para ter matado a modelo intencionalmente.

Ainda de acordo com a publicação, houve um momento de constrangimento quando Barry Steenkamp, pai de Reeva, foi obrigado a abrir caminho para o assassino de sua filha fazer a demonstração. A cena foi simulada dessa maneira porque Pistorius não estava usando suas próteses quando atirou em Reeva e arrombou a porta do banheiro onde ela estava.

O atleta enfrenta uma pena mínima de 15 anos de prisão, agora que a condenação por homicídio culposo de 2013 foi aumentada devido a uma apelação. Em setembro de 2014, o medalhista paralímpico havia sido condenado por homicídio culposo. Sua defesa argumentava que Pistorius havia disparado de forma instintiva contra o banheiro de casa ao achar que um bandido a estava invadindo e, então, atingindo sua namorada.


Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Jornal Extra