Pai de atacante com multa de R$ 132 mi aprova bronca de Muricy

Nelson Andrade vê empolgação no filho e concorda com cobranças do treinador santista.

O jovem Victor Andrade, atacante de 17 anos do Santos, tem sido alvo constante das cobranças do técnico Muricy Ramalho. Nesta semana, o treinador externou as duras dadas no jogador para que ele tenha mais humildade. Pai do atleta, Nelson Andrade concorda com as broncas do comandante, por quem mantém admiração, principalmente por ser um discípulo de Telê Santana. Treinador histórico do São Paulo, além da Seleção, Telê morreu em 2006 e era bastante exigente com seus comandados.


Pai de atacante com multa de R$ 132 mi aprova bronca de Muricy

? Concordo em gênero, número e grau (com a cobrança). Quando o Victor subiu, queria que o treinador fosse o Muricy para que ele pudesse cobrá-lo. Ele é discípulo do Telê, um cara disciplinador, conselheiro e competente. Não era só técnico, mas sim um pai. Vários jogadores têm história de superação com a ajuda do Telê. Nada mais perfeito para o Victor do que ser treinado por um discípulo dele ? diz Nelson.

O pai de Victor vê uma empolgação natural do garoto, por atuar tão cedo no time profissional do Santos, ao lado de Neymar, e justamente sob a supervisão de Muricy, considerada a pessoa perfeita por ele para ajudar no amadurecimento do filho.

? Talvez haja só uma interpretação diferente de humildade e empolgação. Não tem motivo para ele não ser humilde, mas qualquer um se empolgaria na idade dele, atuando no Santos, clube de Pelé e Robinho, ao lado do Neymar, e com um técnico campeão como o Muricy. Tem jogador de 30 anos que daria a vida por uma chance dessa ? emenda o pai do garoto.

Nelson lembra que o jogador fica mais tempo na companhia de Muricy, em função da rotina de treinamentos, concentrações e partidas, do que com ele próprio. Por isso, considera normal o treinador ajustá-lo no dia a dia do CT Rei Pelé, enquanto ele complementa as cobranças em casa no tempo restante.

? Ele sabe que nada vem por acaso. Existem jogadores de futebol e atletas. As pessoas confundem. Ser atleta é difícil. Tem de ser dedicado, disciplinado, correto, ter hora para dormir, comer e treinar. Há uma diferença enorme, e isso separa o jogador do atleta. São raros os exemplos como o do Seedorf (holandês de 36 anos do Botafogo) ? finaliza.

O próprio jogador assimila as cobranças e entende que precisa melhorar, tanto dentro como fora de campo. Durante os treinamentos, Muricy costuma pegar no pé do garoto nas atividades para aprimorar fundamentos técnicos básicos. Victor Andrade, inclusive, já reconheceu que tem de aperfeiçoar as finalizações com a perna esquerda e principalmente o cabeceio.

Recentemente, o atacante foi "rebaixado" ao elenco sub-20, para reforçar a equipe da categoria durante algum tempo e, posteriormente, retornou ao elenco profissional. Ele já possui uma multa rescisória no valor de 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 132 milhões). Além disso, 20% dos seus direitos econômicos pertencem ao cantor sertanejo Sorocaba. Nesta temporada, sua primeira como profissional, Victor Andrade fez 17 jogos e marcou dois gols.

Fonte: GloboEsporte