Palmeiras enfrenta Vitória tentando superar ausência de Diego Souza

Palmeiras enfrenta Vitória tentando superar ausência de Diego Souza

 O Palmeiras defende a liderança do Brasileiro neste domingo contra o Vitória, em Salvador, tentando superar a ausência de seu principal jogador, Diego Souza. Desde que Muricy Ramalho assumiu a equipe, há nove rodadas, foram quatro vitórias, quatro empates e apenas uma derrota --para o Coritiba, único jogo em que não contou com o jogador, suspenso na ocasião.

Novamente suspenso, Diego Souza deixa uma lacuna no esquema tático de Muricy. Sem um jogador de característica similar, o treinador tem três opções: deslocar Cleiton Xavier para a posição, escalar o volante Sandro Silva ou o lateral Figueroa (no último caso, com Wendel cobrindo o meio); ou promover a entrada do meia Deyvid Sacconi, conservando a formação. "Não existe essa coisa de lamentação por jogar fora de casa ou por não contar com Pierre [fora, machucado] ou Diego Souza. É óbvio que as dificuldades serão muito maiores, mas nós somos os líderes e temos que entrar em campo no Barradão como líderes", afirmou o experiente Edmílson. Defendendo a liderança do Brasileiro, o Palmeiras tem dois jogos como visitante na sequência.

Depois de enfrentar o Vitória, vai a Belo Horizonte jogar com o Cruzeiro. Com 44 pontos, o time do Parque Antarctica está na ponta da tabela à frente de Internacional (43), São Paulo (40) e Goiás (39). "É claro que atletas da qualidade do Diego e do Pierre fazem falta, mas o nosso elenco tem capacidade e não pode ficar chorando essas ausências. Temos time para vencer", afirmou Cleiton Xavier, que pode fazer a função de Diego Souza. Armero, que não participou do treinamento de sexta-feira devido a uma fadiga muscular na coxa direita, deve jogar.

Caso desfalque a equipe, o substituto imediato é Jefferson. Na defesa, Maurício Ramos, machucado, deve dar lugar a Marcão. Já o goleiro Marcos não treinou neste sábado. De acordo com o departamento médico do clube, o goleiro ficou em tratamento nas coxas, local em que sente dores, sobretudo no adutor da direita, mas não preocupa a comissão técnica alviverde e está confirmado para a partida deste domingo, contra o Vitória, no Barradão.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br