Palmeiras espera confirmação de Felipão

Técnico relembra laços com o Grêmio e diz que família é prioridade

Apontado pela diretoria palmeirense como primeira opção do clube para assumir o comando do time, o técnico Luiz Felipe Scolari divulgou uma nota oficial na tarde desta quinta-feira para esclarecer alguns pontos sobre a sua situação. Contratado por uma TV sul-africana para comentar a Copa do Mundo, o treinador ainda não definiu o que fará depois do Mundial.

Em nota oficial, Felipão agradeceu a conduta do vice-presidente do Flamengo, Helio Ferraz, pelo comportamento durante as conversas que manteve com o Rubro-Negro. O treinador foi cotado para assumir o comando no lugar de Rogério Lourenço, mas declinou da proposta por estar focado em assuntos familiares.

Sobre o interesse do Internacional, sem técnico efetivo desde a saída de Jorge Fossati, no mês passado, Felipão voltou a lembrar sobre seus laços com o Grêmio, clube que comandou durante os anos 90. Segundo a nota, "não há hipótese de realizar nenhum trabalho na equipe rival."

Felipão recebeu convite do Palmeiras para comandar a equipe no mês passado. O treinador, porém, ainda não respondeu se aceita voltar para o Alviverde porque pretende acompanhar o ingresso de seu filho na universidade, na Europa. No entanto, a cúpula palmeirense ressalta que o treinador já afirmou que, caso resolva voltar para o Brasil, o time paulista deve ser o seu destino.

- Depende exclusivamente do Felipão. A decisão é pessoal dele. Queremos que ele resolva os problemas dele e fique livre para se decidir - afirmou o presidente palmeirense Luiz Gonzaga Belluzzo.

Fonte: Globo Esporte