Palmeiras se diz a disposição de Adriano, mas espera iniciativa

Palmeiras se diz a disposição de Adriano, mas espera iniciativa

Presidente do Verdão, Paulo Nobre diz que clube colocaria profissional à disposição para ajudá-lo. Mas só depois de iniciativa própria

Só depende do Adriano. Basicamente, é essa a posição do presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, em relação à contratação do atacante. Parado desde a saída do Corinthians, em março do ano passado, o Imperador se ofereceu ao Verdão há um mês, segundo o mandatário. Depois disso, nada mais caminhou.

- O Adriano procurou o Palmeiras faz um mês e se ofereceu, como muitos outros fazem. Ficamos gratos de um jogador como esse nos procurar, mas não tem nada além disso. A partir do momento que ele der o primeiro passo em busca da boa forma, nós vamos ajudar ? disse Paulo Nobre.

Chefe da delegação da seleção brasileira nos amistosos contra Itália (2 a 2, em Genebra) e Rússia (na próxima segunda-feira, em Londres), Nobre quer que esse primeiro passo do atacante seja a procura de uma academia para entrar em forma o mais rapidamente possível. O Palmeiras quer ver interesse e vontade no jogador.

- A hora que ele achar uma academia para voltar a treinar e entrar em forma, nós estamos dispostos a colocar um profissional nosso para orientá-lo. Queremos ajudar o Adriano, até pela questão humana. Mas até agora ainda não avançamos em nada ? acrescentou o presidente do Palmeiras.

Segundo Nobre, a conversa é tão embrionária que nem mesmo o técnico Gilson Kleina foi consultado a respeito. O nome de Adriano ainda circula apenas na direção ? o Imperador se ofereceu a Carlos Brunoro, diretor executivo do Palmeiras. É certo, aliás, que em caso de avanço, o contrato do jogador será de risco.

- Se for o caso de acertamos com o Adriano, será com um contrato de risco. Mas é importante lembrar que ainda nem temos um namoro. Ainda esperamos um primeiro passo dele. O Adriano em forma qualquer um quer. O Adriano em forma está aqui ? finalizou Nobre, apontando para o campo onde a Seleção treinava.

Fonte: GloboEsporte