Felipão passa a utilizar base e já tem sete pratas da casa no time

Felipão passa a utilizar base e já tem sete pratas da casa no time

Sete atletas criados no Palestra Itália estão trabalhando entre os profissionais, isso sem contar os goleiros

Um ano depois de criticar as categorias de base do Palmeiras, o técnico Luiz Felipe Scolari começa a usar mais os jogadores que são pratas da casa. Na última sexta-feira, foi a vez do meia Diego Souza ser promovido. Com ele, são sete atletas criados no Palestra Itália trabalhando entre os profissionais, isso sem contar os goleiros.

Diego tem 19 anos e foi destaque do time no Paulistão e no Brasileirão da categoria sub-20. Os torcedores passaram a apostar muito nele após verem o jogador marcar cinco gols em quatro jogos na Copa São Paulo deste ano.

Em junho, Diego foi convocado por Ney Franco, técnico na época da seleção brasileira sub-20, e foi campeão do Torneio Oito Nações, que aconteceu na África do Sul. Além dele, Bruno Dybal é outro atleta que levantou a taça, mas segue sem oportunidade com Felipão.

Além de Diego, o treinador conta com os zagueiros Luiz Gustavo e Wellington, o volante João Denoni, o meia Patrick Vieira e os atacantes Caio Mancha, Vinícius e Emerson. Patrik, que alguns torcedores consideram como criado na base, veio do São Caetano.

Recentemente, Felipão ainda deu chance para outros três jogadores que não foram aprovados e acabaram devolvidos à base. O atacante João Arthur, conhecido como Joãozinho, o meia-atacante Anderson e o volante Renato.

Há um ano, Felipão disparou críticas contra a base e causou mal-estar no clube. "Os bons da base estão aqui comigo. Não tem jogadores bons. Ter alguém que pode ser igual a um reserva não muda nada para mim. Lá na base vão ficar bravos comigo. Que fiquem! Se não tem jogadores bons da base, eu não faço milagre!", disse ele na ocasião.

Fonte: UOL