Palmeiras fica no empate com o Ceará em SP

O resultado levou o time paulista a 44 pontos, na nona colocação

Sem Kleber e Valdivia, suspensos (o chileno também sofre de lesão muscular), o Palmeiras não passou de um empate por 1 a 1 diante do Ceará, neste domingo, em Barueri, e teve sua ascensão no Campeonato Brasileiro brecada. Marcos Assunção voltou a brilhar com um golaço de falta, mas Geraldo, de pênalti, deixou tudo igual na segunda etapa.

O resultado levou o time paulista a 44 pontos, na nona colocação, a seis pontos da zona de classificação para a Copa Libertadores. Já o Ceará tem 39 pontos e aparece no 12º lugar.

A equipe alviverde já começou perdendo chance incrível aos 2min. Marcos Assunção cobrou falta e Lincoln, na pequena área, desviou com a coxa por cima do travessão. A resposta dos visitantes veio aos 12min, quando Vicente levantou da esquerda e Jean Carlos passou pela bola sem conseguir a conclusão.

Sentindo falta de Kleber e Valdivia, o Palmeiras não conseguia furar a defesa do Ceará. Quando criava chances, porém, elas eram desperdiçadas. Aos 21min, Dinei não acreditou na falha do zagueiro e a bola bateu em sua cabeça, em ótima oportunidade desperdiçada; no minuto seguinte, o mesmo Dinei cruzou rasteiro e Rivaldo, de frente para o gol, isolou de pé direito.

As bolas paradas de Marcos Assunção eram a melhor arma do time paulista. Aos 30min, o volante ergueu na área e Danilo desviou de cabeça à esquerda do alvo. Com 44min, Lincoln recebeu de Tinga e bateu travado; o rebote voltou para o próprio meia, que chutou fraco, e Heleno salvou em cima da linha.

Quando Felipão já começava a se desesperar à beira do gramado, o Palmeiras abriu o placar da forma mais provável: gol de falta de Marcos Assunção. Aos 45min, o camisa 28 cobrou infração com maestria, a bola tocou na trave e entrou, sem chances de defesa para o goleiro Michel Alves.

O segundo tempo continuou fraco tecnicamente, e aos 18min Scolari sacou Marcos Assunção, cansado do jogo no meio de semana pela Copa Sul-Americana e pendurado com dois cartões amarelos. O Ceará assustou aos 24min, quando Reina recebeu bom passe de Geraldo e chutou forte, acertando a trave de Deola.

A equipe alvinegra melhorou o toque de bola e conseguiu um pênalti aos 36min. Geraldo fez outro ótimo passe para Magno Alves e o atacante foi derrubado por trás por Márcio Araújo. Na cobrança, Geraldo chutou forte e Deola chegou a tocar na bola, mas não evitou o empate.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 1 x 1 Ceará

Gols

Palmeiras: Marcos Assunção, aos 45min do 1º tempo

Ceará: Geraldo, aos 37min do 2º tempo

Esquema Tático do Palmeiras

4-2-3-1

Deola; Márcio Araújo, Maurício Ramos (Fabrício), Danilo e Gabriel Silva; Edinho e Marcos Assunção (Pierre); Tinga, Lincoln e Rivaldo (Tadeu); Dinei. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Esquema Tático do Ceará

4-3-1-2

Michel Alves; Boiadeiro, Anderson, Fabrício e Vicente; Heleno (Vandinho), Michel e João Marcos; Geraldo; Magno Alves (Diego Sacomam) e Jean Carlos (Reina). Técnico: Dimas Filgueiras

Cartões amarelos

Palmeiras: Gabriel Silva, Dinei e Márcio Araújo

Ceará: Heleno e Michel

Árbitro

Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Local

Arena Barueri, Barueri (SP)

Fonte: Terra, www.terra.com.br