Copa Sul-Americana: Palmeiras leva 3, mas segura pressão do Botafogo e vai às oitavas

Copa Sul-Americana: Palmeiras leva 3, mas segura pressão do Botafogo e vai às oitavas

O Palmeiras precisou superar uma forte pressão do Botafogo no fim do jogo nesta quarta-feira

O Palmeiras precisou superar uma forte pressão do Botafogo no fim do jogo nesta quarta-feira para confirmar a vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Depois de vencer por 2 a 0 em Barueri e levar uma boa vantagem para o Rio de Janeiro, o time alviverde viu um rival valente no Engenhão e acabou sofrendo três gols, conquistando a classificação mesmo com a derrota por 3 a 1, que veio com dois gols de estrangeiros pelo Botafogo - o astro holandês Seedorf e o jovem uruguaio Lodeiro marcaram

Graças ao gol solitário de Patrik, que fez o Palmeiras passar por cima de uma série de desfalques - dos 25 inscritos na competição, nove não viajaram, incluindo nomes importantes como Valdivia, Marcos Assunção, Daniel Carvalho, Márcio Araújo e Luan -, o time do técnico Luiz Felipe Scolari continua na briga pelo título continental e espera agora pelo vencedor do confronto entre Guaraní (PAR) e Millionarios (COL).

O jogo

Diante de um público fraco no Engenhão, a partida também começou sem graça, só ganhando em emoção a partir dos 30min, momento em que Barcos assustou Jefferson ao arriscar de muito longe, levando perigo à meta botafoguense. Quatro minutos depois, Lucas foi lançado em posição de impedimento, invadiu a área, foi derrubado por Bruno, e a bola sobrou para Seedorf abrir a contagem.

Na sequência do gol, o Botafogo teve nova chance e o Palmeiras respondeu em uma bicicleta de Obina, defendida por Jefferson. Aos 42min, porém, o goleiro alvinegro nada pôde fazer quando Barcos deu belo passe para Patrik, da entrada da área, e o meia palmeirense bateu cruzado, deixando tudo igual no marcador.

Quem esperava um jogo morno no segundo tempo, com o Botafogo conformado pela eliminação, se surpreendeu no Engenhão. Em uma etapa final movimentada, Seedorf voltou a brilhar aos 11min, quando fez o passe para Renato dominar e, na base da velocidade, avançar para bater na saída de Bruno. Outro estrangeiro também brilharia pelo clube carioca: o uruguaio Lodeiro, que entrou no final do primeiro tempo no lugar do lesionado Rafael Marques.

Aos 27min, ele arrancou pela esquerda e inverteu o jogo para Lucas, que cruzou a bola de volta para o uruguaio escorar na área e fazer o terceiro do Botafogo. O que parecia quase impossível estava próximo, e o time carioca precisava de apenas mais um gol para reverter a derrota fora de casa.

Foram pelo menos dez minutos de intensa pressão até o apito final, com o Botafogo atacando mais na base da vontade do que da técnica. O Palmeiras, porém, soube se defender para segurar o resultado que lhe deu a classificação à fase internacional da Sul-Americana.

Ficha técnica

BOTAFOGO 3 x 1 PALMEIRAS

Gols

BOTAFOGO:

Seedorf, aos 34min do 1º tempo; Renato, aos 11min, e Lodeiro, aos 27min do 2º tempo

PALMEIRAS:

Patric, aos 42min do 1º tempo

BOTAFOGO: Jefferson; Brinner, Antonio Carlos (Jéferson) e Fábio Ferreira: Lucas, Renato, Andrezinho, Seedorf e Lima (Cidinho); Elkeson e Rafael Marques (Lodeiro)

Treinador: Oswaldo de Oliveira

PALMEIRAS: Bruno; Román (Luiz Gustavo), Leandro Amaro, Maurício Ramos e Juninho; Henrique, João Vitor, Patrik (Thiago Heleno) e Mazinho; Obina (Betinho) e Barcos

Treinador: Luiz Felipe Scolari

Cartões amarelos

BOTAFOGO: Jéferson

PALMEIRAS: Román, Patrik e Juninho

Árbitro

Leandro Vuaden (Fifa-RS)

Público:

2.434 pagantes

Local

Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Fonte: Terra