Palmeiras só empata com Grêmio e está há 9 rodadas sem vencer

Palmeiras só empata com Grêmio e está há 9 rodadas sem vencer

O Palmeiras deixou escapar dois pontos entre os dedos, já que chegou a abrir 2 a 0.

O Palmeiras começou bem e encaminhou uma vitória que acabaria com jejum de oito jogos. Mas cedeu. Após abrir 2 a 0, gols de Marcos Assunção e Cicinho, o time paulista deixou o Grêmio empatar em 2 a 2, neste domingo, no Olímpico, pela 34ª rodada do Brasileirão. O resultado mantém a série negativa dos comandados de Luiz Felipe Scolari. Brandão marcou no segundo tempo, e Fernando, no último minuto de jogo, empatou a partida.

O time do Olímpico estava desmotivado e ignorou qualquer repercussão do resultado. O Grêmio está em posição intermediária. Já o Palmeiras, chega a 9 partidas sem vitória e já se assusta com o rebaixamento. Além disso, os problemas a serem administrados por Felipão crescem a cada partida. Ainda mais pelo quadro de vitória até o minuto final. O Palmeiras deixou escapar dois pontos entre os dedos, já que chegou a abrir 2 a 0.

Grêmio e Palmeiras dificilmente estarão nas pontas da tabela. Na de cima é praticamente impossível para ambos. Portanto, não havia muito em disputa no campo do estádio Olímpico. Sem ameaça ou disputa real por algo que salve a temporada, os times fizeram um jogo com pouquíssimas jogadas interessantes.

O primeiro chute que chegou ao gol, por exemplo, ocorreu somente aos 24 minutos do primeiro tempo, quando Brandão girou e obrigou Deola a uma defesa que passou longe do difícil. Mas o lance gerou resposta, e nela o gol palmeirense. Tinga cruzou da direita, Ricardo Bueno cabeceou e Victor fez uma linda defesa. Porém, no rebote, Cicinho chutou forte para marcar.

Mas da mesma forma que em dois minutos os goleiros trabalharam e o placar se movimentou, nos seguintes o marasmo voltou a pautar a ação das equipes. O pobre jogo teve fim de sua primeira etapa ao som de vaias das quase vazias arquibancadas.

No segundo tempo o Grêmio tentou atacar. Leandro entrou no lugar de Adílson, e a formação passou para o 4-3-3. Mas logo com 14 minutos de segunda etapa, Marcos Assunção bateu falta, a bola desviou na barreira e enganou Victor: 2 a 0. Restava muito tempo para uma reação. Os gaúchos foram para o ataque e Brandão descontou a 23.

Assustado, o Palmeiras buscou ganhar tempo mantendo a posse de bola. A tensão era evidente a cada vez que a bola chegava perto da defesa dos visitantes. Os fantasmas das partidas passadas assombravam a meta defendida por Deola. E como num bom filme de terror, o pior aconteceu. Fernando aproveitou rebote, no último minuto de jogo, e empatou o jogo. O 2 a 2 foi comemorado pelo Grêmio, e muito lamentado no rival.

Fonte: UOL