Palmeiras tem pior início defensivo dos últimos nove anos

Palmeiras tem pior início defensivo dos últimos nove anos

O desempenho defensivo de 2010 iguala os números de 2002, 2003 e 2005

Faz muito tempo que o torcedor palmeirense não lamentava tantos gols sofridos em um início de ano. O Palmeiras de Muricy Ramalho já permitiu 15 gols aos adversários após 10 partidas, o que significa o pior índice do setor desde 2001. A média é engrossada pela humilhante derrota por 4 a 1 contra o São Caetano na noite de quarta-feira.

O desempenho defensivo de 2010 iguala os números de 2002, 2003 e 2005, temporadas em que o Palmeiras também sofreu 15 gols nos 10 primeiros jogos oficiais do ano. Pior que isso apenas em 2001: foram 22 gols sofridos no mesmo período daquela temporada.

Na época comandado pelo treinador Marco Aurélio Moreira, o Palmeiras levou quatro gols da Portuguesa, três gols da Ponte Preta, do Botafogo, do Fluminense e do Botafogo-SP e ainda dois gols de Corinthians, Matonense e Rio Branco. O comandante foi demitido justamente após 10 jogos daquele ano.

A defesa foi, curiosamente, o setor mais reforçado pelo Palmeiras nesse início de temporada. O clube foi ao mercado buscar os volantes Edinho e Márcio Araújo, o lateral Eduardo e o zagueiro Léo, além de comprar em definitivo o também zagueiro Danilo junto ao Atlético-PR.

Ídolo do clube, o goleiro Marcos já acumula 12 partidas consecutivas sofrendo gol, em uma sequência que vem desde o último Campeonato Brasileiro.

Um dos culpados pelos números ruins, Muricy Ramalho foi o treinador do São Paulo dono da melhor defesa nos Campeonatos Brasileiros de 2007 e 2009, e segundo lugar em 2008.

Fonte: Terra, www.terra.com.br