Palmeiras vence a Ponte Preta e respira; 3 a 0

Palmeiras vence a Ponte Preta e respira; 3 a 0

Verdão consegue sua segunda vitória em dois jogos com Gilson Kleina

Um jogo por vez, o Palmeiras renova sua esperança de se livrar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Nem o frio e muito menos a situação delicada impediram a torcida de lotar o Pacaembu, na noite deste sábado. Desta vez, com o melhor público do clube no ano (30.942 pessoas) para empurrar contra a Ponte Preta - e para cima, também, na tabela. No reencontro do ?inimigo íntimo? Gilson Kleina com a Macaca, quem decidiu foi o Pirata do Verdão, marcando dois gols na vitória por 3 a 0 ? Assunção fez o terceiro. A Ponte, que estreou o técnico Guto Ferreira, perdeu invencibilidade de oito jogos ? foi a primeira derrota no returno ? e se mantém na zona intermediária da tabela.

Sem marcar havia sete jogos no Brasileirão, o argentino Barcos esmagou a Macaca logo nos primeiros 15 minutos: dois gols, vantagem e certa tranquilidade para o restante da partida. Com a torcida em festa, o Verdão não inventou, jogou o básico e foi premiado. Sob o comando de Kleina, já são duas vitórias consecutivas e, principalmente, outra postura em campo. Esforçado, valente e com vontade de sair do fundo do poço, o novo Palmeiras mostra que nem tudo está perdido.

A vitória leva o Palmeiras, ainda 18º colocado, a 26 pontos, dois a menos que o Coritiba, primeiro time fora da zona do rebaixamento - o Sport tem 27. Neste domingo, o Verdão torce pelos seus dois principais rivais: o Corinthians pega o Sport no Pacaembu e o São Paulo encara o Coritiba no Couto Pereira. Se Timão e Tricolor vencerem, com nova combinação de resultados, a equipe do Palestra poderá deixar o Z-4 na próxima rodada. O jogo contra a Ponte marcou um "até logo" para o torcedor da capital paulista, já que, devido à punição imposta pelos problemas na derrota por 2 a 0 para o Corinthians, o Verdão só voltará a jogar em São Paulo na penúltima rodada, contra o Atlético-GO.

Na próxima rodada, a Ponte Preta encara justamente o Coritiba, enquanto o Palmeiras faz um clássico contra o São Paulo. O jogo da Macaca será na quinta-feira, às 21h, no estádio Couto Pereira, na capital paranaense. Já o Choque-Rei será disputado no sábado, às 16h, no Morumbi.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com