Palmeiras vence o Coritiba por 2 a 1

Palmeiras vence o Coritiba por 2 a 1

De virada, e graças a seus titulares, o Palmeiras venceu o Coritiba, por 2 a 1, neste sábado à noite, no Palestra Itália, pela primeira rodada do Brasileirão. No primeiro tempo, o técnico Vanderlei Luxemburgo mandou a campo um time misto e o Coxa levou a melhor. No segundo, com seus melhores jogadores, o Verdão foi para cima e só sossegou quando conseguiu a virada. Keirrison, que não marcava havia quatro partidas, garantiu a vitória. Assista ao lance no vídeo.

Coxa sai na frente

Como o jogo entre Palmeiras e Sport, pelas oitavas de final da Taça Libertadores passou de quarta para terça-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo resolveu poupar seus titulares do jogo contra o Coxa. Danilo, Pierre, Diego Souza, Cleiton Xavier e Keirrison começaram o jogo no banco. Já o goleiro Marcos não foi sequer relacionado para a partida.

O mistão do Verdão começou quente, criando jogadas principalmente pelo lado direito, com Willians, que se posicionava às costas de Carlinhos Paraíba e conseguia chegar à linha de fundo com facilidade. Faltava, porém, capricho aos atacantes do Verdão. Aos 30, Ortigoza perdeu uma grande chance. O paraguaio entrou livre na área, pela direita, e chutou firme de pé direito, mas em cima do goleiro, que espalmou.

O Coritiba, apesar da pressão adversária, não ficou acuado. Com Marcelinho Paraíba aberto pela direita e Marcos Aurélio atuando como um ponta esquerda, o Coxa tinha espaço e saía em contra-ataques muito rápidos. Assim, o time paranaense, aos poucos, foi entrando na área palmeirense, até que, aos 33, conseguiu o gol. Carlinhos Paraíba cruzou na área na direção de Márcio Gabriel, que acabou derrubado por Jefferson. O lateral-esquerdo do Verdão tentou cortar, se atrapalhou, e acabou atingindo o adversário. Pênalti que Marcelinho Paraíba bateu bem, de pé esquerdo, no canto direito do goleiro Bruno.

Imediatamente após sofrer o gol, o Palmeiras tentou armar uma blitz para conseguir o empate, mas, novamente, voltou a perder chances claras. Aos 44, Jefferson desceu pela esquerda e cruzou para Marquinhos. Sozinho, o atacante cabeceou para o chão, mas mandou para fora.

Com titulares, Verdão reage e vira

Como o primeiro tempo do Palmeiras não foi lá essas coisas, Luxemburgo resolveu não arriscar e mandou três titulares a campo na etapa final. Entraram Diego Souza, Cleiton Xavier e Keirrison. Como era de de esperar, com esse trio o Verdão foi outro.

O time passou a ter controle da posse de bola no meio e correção nos passes, com Cleiton Xavier, e agressividade no ataque, com Diego e K9. Desde os primeiros minutos, o Palmeiras apertou, pressionou, mas o gol demorava a sair. Em quatro minutos, o goleiro Vanderlei já havia feito duas boas defesas. Na primeira, ele ganhou de Keirrison na dividida. Na segunda, mandou para escanteio uma cobrança de falta de Diego. A bola entraria no ângulo.

A pressão do Palmeiras era tamanha que o Coxa sucumbiu aos 24. Cleiton Xavier acertou excelente lançamento para Jefferson, que desceu pela esquerda e cruzou para Willians só empurrar para o gol. O atacante palmeirense ficou tão empolgado com o gol que tirou a camisa para comemorar e ela acabou caindo no fosso. Willian acabou levando o amarelo pelo lance insólito.

Quando era melhor e caminhava para virar a partida, o Palmeiras acabou perdendo um jogador. William se machucou e não pode ser substituído, pois Luxa já havia feito três trocas. Mesmo caindo de produção, o Verdão ainda seguia em cima e conseguiu a virada aos 43, com Keirrison. O artilheiro recebeu livre pela esquerda e tocou na saída do goleiro Vanderlei, quebrando um jejum que já durava quatro jogos.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com