Para Muricy, Andrés quer desestabilizar São Paulo com caso Dagoberto

Muricy aponta estratégia de Andrés para desestabilizar São Paulo

O presidente do Corinthians, Andrés Sanches, causou polêmica ao declarar após o empate do time com o São Paulo, na última quarta-feira, no Morumbi, que o atacante do rival, Dagoberto, estaria acertado com o Santos. A informação já foi desmentida pelo próprio jogador e pelo presidente santista, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro.

Entretanto, para o técnico do time da Vila Belmiro, Muricy Ramalho, a polêmica afirmação do mandatário corintiano teve um objetivo. O treinador acredita que o cartola corintiano quer desestabilizar o São Paulo.

"Não sei de onde o Andrés tirou essa informação. Nada foi conversado e é uma situação até ruim, porque o São Paulo está disputando o título brasileiro. Esse tipo de informação pode tirar o foco da equipe no campeonato", disse.



Apesar da desconfiança de que Andrés Sanchez tenha tentado conturbar o ambiente no elenco são-paulino, Muricy Ramalho crê que a especulação em torno de uma possível saída de Dagoberto será bem administrada pelos dirigentes da equipe tricolor.

"Não se mexe com grandes times, como o São Paulo. Mas eles me parecem preparados. Conheço o São Paulo e não acredito que isso irá abalar o ambiente deles. Além disso, foi como o Dagoberto falou. Ele tem contrato (até 18 de abril de 2012) com o São Paulo e vai cumpri-lo", concluiu Muricy.

Fonte: Terra, www.terra.com.br