Para pisar pela primeira vez no G-4, Flamengo visita um renovado Barueri

O duelo será na Arena Barueri, às 21h50m (de Brasília)

O Flamengo sonha disfarçadamente e moderadamente com o título brasileiro. Só que nesta quarta-feira estará mais do que satisfeito se dormir abraçado ao G-4. A sensação seria inédita nesta edição do Campeonato Brasileiro. Para conhecê-la, no entanto, o time precisa superar o Barueri, adversário que começou o campeonato ameaçando brigar pela Libertadores, mas que agora se contenta em tentar se manter na zona de classificação para a Copa Sul-Americana. O duelo será na Arena Barueri, às 21h50m (de Brasília).

Quando se encontraram no primeiro turno, a situação era diferente. Estreante na Série A, o time paulista estava em alta, enquanto o Flamengo vivia às voltas com uma crise interna com o treinador Cuca e não engrenava no torneio.

O empate por 1 a 1 ? gols de Val Baiano e Emerson ? causou a troca de técnico na Gávea e uma mudança brutal na filosofia. Em sintonia com Andrade, o time cresceu e sustenta uma invencibilidade de dez jogos. Atualmente, está na quinta colocação, com 51 pontos ? três a menos que o líder Palmeiras.

A certeza de que uma vitória fora de casa ? a quarta consecutiva ? garante a entrada no G-4 está a alguns quilômetros da Arena. São Paulo e Inter, quarto e terceiro colocados, respectivamente, se enfrentam no Morumbi e quem perder será ultrapassado. Se houve empate, ambos ficam para trás. Isso, claro, se o Flamengo conseguir os três pontos.

- Se eu falar que não penso em liderança é mentira. Mas o momento pede cautela. Temos que somar pontos para chegar ao G-4. Quando isso estiver assegurado, vamos buscar titulo. Mas vivendo o dia a dia ? disse o zagueiro Álvaro.

O técnico Andrade terá um desfalque importante: Petkovic, suspenso. Erick Flores e Fierro disputam a posição no meio-campo. Em contrapartida, Willians, Ronaldo Angelim e Álvaro voltam à equipe. Artilheiro do Brasileiro ao lado de Diego Tardelli, com 16 gols, Adriano está confirmado.

Técnico novo

Com 41 pontos, o Barueri tem apenas 1% de risco de rebaixamento, segundo o matemático Tristão Garcia. O objetivo é disputar a Copa Sul-Americana do ano que vem. Seria sua primeira participação em uma competição internacional. A principal novidade da equipe para a partida contra o Flamengo não estará em campo. Mas à beira do gramado.

Já pensando em 2010, a diretoria do clube decidiu reconduzir Diego Cerri para o posto de coordenador técnico. E o cargo de treinador será ocupado por Luis Carlos Goiano, auxiliar de Cerri. Que desafia logo de cara a boa fase do Flamengo.

- O Flamengo é um time muito bem organizado em campo. A equipe está jogando com confiança e praticando um futebol alegre. O resultado disso são os dez jogos sem derrota, o que prova a qualidade do time. Por outro lado, tenho total confiança no Barueri. Temos feito bons jogos e se impusermos nosso estilo solidário de jogo temos tudo para sair com um resultado positivo - disse o treinador.

Goiano não anunciou oficialmente a equipe para a sua estreia no comando do Barueri. Mas o treinador dificilmente poderá contar com Fernandinho. Um dos destaques da equipe no Nacional, o meia-atacante sentiu um problema muscular na coxa direita. O veterano Basílio, 37 anos, deverá ocupar a vaga.

Na zaga, Andre Luis está suspenso, após ter sido expulso na partida contra o Náutico, no último sábado. Paulão, vice-campeão da Série C com o ASA, disputa sua primeira partida pelo time paulista, formando o trio defensivo com Daniel Marques e Leandro Castan. Na ala-direita, Marcos Pimentel retorna no lugar de Eder.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com