Peixe pode ser a 3ª maior torcida com a renovação de Neymar

Os valores não são confirmados oficialmente, mas o jogador já vinha ganhando cerca de R$ 1,3 milhão mensais, entre salários e contratos de publicidade


Para santistas, Neymar irá elevar patamar do clube no mercado

A presença de Neymar no Santos até a Copa de 2014, conforme anunciado pelo clube e pelo próprio jogador na última quarta-feira, faz parte de uma estratégia do Peixe para aumentar sua arrecadação com patrocinadores, cotas de televisão e, no médio prazo, ampliar o seu número de torcedores.

Claro que o craque é remunerado por isso. Os valores não são confirmados oficialmente, mas o jogador já vinha ganhando cerca de R$ 1,3 milhão mensais, entre salários e contratos de publicidade. Com o novo acordo, esse valor irá aumentar para R$ 2,3 milhões, segundo apurou o blogueiro Emerson Gonçalves. Até então, o Peixe detinha 30% da imagem do jogador. Por exemplo: se uma empresa contratasse Neymar para ser seu garoto propaganda por R$ 1 milhão, o clube ficava com R$ 300 mil (30%). Agora, o craque fica com o bolo completo. O primeiro acordo a ser fechado nesse modelo é com o Banco do Brasil.

O Santos, em contrapartida, lucra com visibilidade. Tendo Neymar em seu elenco, o Santos pode negociar melhores contratos de patrocínio, explica o gerente de marketing do Santos, Armênio Neto.

- É difícil quantificar, mas é claro que, quando se senta à mesa com um possível patrocinador, a primeira coisa que ele pergunta é: ?O Neymar fica??. Isso vale também para direitos de televisão. O Santos, hoje, está num patamar muito acima do que estava há dois ou três anos. E, claro, o Neymar tem participação fundamental nisso.

O presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, afirma que, no fim das contas, o principal retorno é institucional.

- Com o Neymar, podemos chegar a 2014 como a terceira maior torcida do Brasil. É só ver o que está acontecendo durante os jogos. As crianças que entraram em campo com os jogadores do Corinthians, no clássico, largaram tudo e foram cercar o Neymar.

Ator principal

O mandatário alvinegro afirma ainda que não precisa vender Neymar para equilibrar as contas do clube. Uma ideia é aproveitar a presença de Neymar como ?ator principal? e negociar os ?coadjuvantes?. Como aconteceu com André, Wesley, Zé Eduardo e Danilo (este último se apresenta ao Porto-POR em janeiro). Ou seja, a presença de Neymar valoriza aqueles que estão à sua volta.

Fonte: Globo Esporte