Para 1º treino na Costa Rica, Seleção Brasileira desaloja donos da casa

Para 1º treino na Costa Rica, Seleção Brasileira desaloja donos da casa

Os dois países se enfrentam depois de amanhã, às 23h (de Brasília), no Estádio Nacional da Costa Rica

Para realizar o primeiro treino, antes do amistoso desta sexta-feira, os jogadores da Seleção Brasileira desalojaram os donos da casa. O treino do Brasil na Costa Rica ocorreu no centro de treinamento Proyecto Goal, onde se concentram e treinam as seleções locais.

Os dois países se enfrentam depois de amanhã, às 23h (de Brasília), no Estádio Nacional da Costa Rica.

O CT foi erguido como parte de um programa da Fifa, o Proyecto Goal, para desenvolver o futebol em países periféricos. Até agora, custou o equivalente a R$ 13 milhões. E ainda está em obras.

A área, que abriga quatro campos de futebol, terá também instalações como hotel, campo de futebol de praia e ginásio para futsal.

Segundo a porta-voz do projeto, Gina Escobar, a maior parte do dinheiro veio da iniciativa privada costa-riquenha. "A Fifa aportou US$ 2 milhões [cerca de R$ 3,75 milhões]", declarou à Folha. "Não houve nenhuma participação de dinheiro público."

Em abril, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, esteve no país e anunciou a liberação de mais US$ 500 mil (quase R$ 950 mil) para o projeto.

No mesmo evento, o presidente da federação da Costa Rica, Eduardo Li, garantiu o apoio a Blatter na eleição para a presidência da Fifa, que foi disputada um mês e meio depois da visita ao país.

Para que o Brasil pudesse treinar lá ontem, a seleção da Costa Rica teve que achar um CT privado --a atividade dos donos da casa teve as portas fechadas para os jornalistas.

As categorias de base e a seleção feminina do país, que também usam o CT, tiveram que fazer suas atividades pela manhã, e não à tarde, como usualmente ocorre.

Os outros dois treinos da seleção brasileira, hoje e amanhã, estão inicialmente programados para o Estádio Nacional, às 22h (de Brasília). A Costa Rica também treinará no local da partida.

Ontem, no primeiro treino, a seleção fez um trabalho leve, pois vários jogadores haviam acabado de chegar.

Cerca de 150 pessoas, a maioria convidados da federação local, assistiram aos trabalhos; outros cem curiosos tomaram chuva para ver o treino da rua, subindo em grandes ou espiando por baixo de uma tela preta.

CALMARIA

O amistoso com a Costa Rica será o primeiro da seleção depois de ter derrotado a Argentina na semana passada, na primeira vitória de Mano Menezes sobre uma seleção da elite do futebol mundial.

Só atletas que atuam no Brasil participaram do triunfo, mas o efeito também foi sentido pelos "europeus".

"Agora, depois dessa vitória, as pressões deram uma acalmada. Aquela pressão já passou", declarou o lateral Adriano, do Barcelona.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br