Palmeiras sonda Diego Tardelli para assumir a vaga de Kleber; saiba

Palmeiras sonda Diego Tardelli para assumir a vaga de Kleber; saiba

O preço pedido pelo Anzhi foi considerado muito alto pela cúpula palmeirense, que promete, porém, não desistir do negócio

O Palmeiras tem um nome que considera ideal para a reposição do atacante Kleber, que negocia sua saída do clube e deve chegar a uma definição nos próximos dias. O dinheiro da transferência do Gladiador, seja para Grêmio ou Corinthians, servirá para o Verdão investir de forma mais agressiva em Diego Tardelli, do Anzhi-RUS. Com a ajuda do diretor financeiro Marcos Bagatella, o presidente Arnaldo Tirone busca alternativas e recursos para a contratação do atacante, um dos pedidos na lista do técnico Luiz Felipe Scolari.

Uma consulta já foi feita ao clube russo, mas Tirone não gostou do que ouviu. O preço pedido pelo Anzhi foi considerado muito alto pela cúpula palmeirense, que promete, porém, não desistir do negócio. Perder jogadores pedidos por Felipão significa o desgaste ainda maior na relação entre técnico e diretoria. O Atlético-MG também aparece como interessado em Diego Tardelli ? o atacante atuava pelo Galo até março deste ano.

- O Tardelli está muito caro, mas vamos ver o que é possível fazer, sem loucuras ? resumiu Tirone.

O principal objetivo do presidente na Europa é acertar um parceiro para ajudar o clube em negociações. No entanto, a viagem também serve para buscar acerto com reforços ? além de Tardelli, o meia Wagner, do Gaziantepspor-TUR, é outra prioridade do Palmeiras.

A negativa de André Lima em se transferir para o Verdão reforça a necessidade de um centroavante, tão desejado por Felipão. O jogador do Grêmio seria envolvido na transferência de Kleber, mas pediu para permanecer no clube gaúcho. André seria uma solução barata, já que era alternativa a Tardelli e também agradava ao técnico palmeirense.

Um camisa 9 e um meia são os focos do Palmeiras neste momento. No ataque, o time sofre para produzir um artilheiro ? sem Kleber, Fernandão e Ricardo Bueno não vingaram na posição. No meio-campo, os inúmeros problemas de Valdivia tiraram a paciência da cúpula palmeirense. Por isso, Tirone e o vice-presidente Roberto Frizzo procuram nomes de peso que possam fazer sombra ao Mago, que não tem permanência garantida em 2012. Wagner é a prioridade, e Giuliano, do Dnipro-UCR, é o sonho mais distante.

Fonte: Globo Esporte