Parreira aparece como opção no Corinthians

O presidente do Corinthians, Andrés Sanches, não quis falar depois do tropeço no estádio do Pacaembu

Demitido do Corinthians no último domingo, após derrota para o Atlético-GO, Adilson Batista deixou uma dica em sua coletiva de despedida. Carlos Alberto Parreira, tetracampeão com a Seleção Brasileira e campeão do Rio-São Paulo e da Copa do Brasil em 2002 pelo Timão, pode ser um nome forte para o seu lugar.

- Às vezes vem um Parreira aí e ajuda o time. Estou dando uma dica para você. Agora é apertar os caras (da diretoria) lá dentro ? disse o ex-técnico alvinegro.



O presidente do Corinthians, Andrés Sanches, não quis falar depois do tropeço no estádio do Pacaembu, mas abordado por torcedores que perguntavam sobre Parreira ele chegou a dizer que é um bom nome, mas não mostrou otimismo.

- É um bom nome, mas não é muito fácil. Não sei se dá ? falou o mandatário.

Dos nomes mais famosos que estão sem emprego no momento, Parreira realmente é uma opção que agrada à diretoria. Mas a ideia do treinador de ficar ?de molho? até o final do ano pode atrapalhar. O último desafio do tetracampeão foi comandar a África do Sul na Copa do Mundo de 2010. Foi eliminado na primeira fase. Dentre os outros desempregados estão Emerson Leão, Dunga, Ricardo Gomes e Silas. O primeiro já trabalhou no Corinthians recentemente e colocou o clube na Justiça, além de não ter tido trabalhos expressivos nos últimos tempos.

Dunga, que foi técnico da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, tem boa relação com Andrés, chefe da delegação verde e amarela na África do Sul, mas é um nome com resistência por conta da postura. Já Ricardo Gomes e Silas são profissionais que não têm o perfil a que está acostumado o Timão.

Há uma lista importante de nomes empregados que conta com Abel Braga, Paulo Autuori e Vanderlei Luxemburgo, forte com Andrés Sanches. Mas a diretoria alvinegra não pretende ir atrás de um técnico empregado.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com