Participação do atacante Ronaldo vira assunto principal durante sorteio da competição

Antes de começar, Libertadores já tem a sua principal estrela: Ronaldo

A Libertadores 2010 ainda não começou, mas o torneio sul-americano já tem a sua estrela maior: Ronaldo, do Corinthians. O debute do craque na disputa é a principal atração da 51ª edição.

Não à toa o seu nome roubou a cena em diversas oportunidades durante o sorteio dos grupos, na última sexta-feira, em Luque, no Paraguai. Na verdade, o craque foi assunto desde quinta-feira. Primeiro na boca do presidente da Conmebol, Nicolás Leoz, que comemorou a presença do jogador no torneio e disse que ele só acrescenta à competição.

Depois foi a vez de Verón, eleito o melhor jogador do torneio em 2009, dizer que com o Fenômeno a Libertadores terá técnica mais apurada. - É claro que qualquer competição ganha tecnicamente com jogadores desse nível. Será muito bom ver o Ronaldo jogando a Libertadores – falou “La Brujita”.

Durante o sorteio, não só o apresentador falou de Ronaldo na Libertadores, como também o secretário geral da Conmebol, Eduardo Deluca, ressaltou a importância da presença do camisa 9. Mas para o presidente do Timão, Andrés Sanches, maior que o debute do Fenômeno na competição é a classificação do seu clube.

- O mais importante é o Corinthians estar na Libertadores. O Ronaldo é um profissional do Corinthians e em qualquer parte do mundo é uma atração para todos – declarou o presidente da equipe do Parque São Jorge, muito questionado sobre o atacante. Embora Ronaldo seja um dos jogadores mais experientes do futebol brasileiro na atualidade, o atacante, com 33 anos, jamais disputou a Libertadores. Saiu cedo do Cruzeiro e brilhou na Europa por 14 temporadas.

De volta ao Brasil há um ano, o Fenômeno terá uma nova experiência em sua carreira. - Para o Ronaldo será algo legal também. É uma experiência nova – disse Sanches. Único clube brasileiro classificado para a Libertadores até agora, o Corinthians está no Grupo 1, junto com o paraguaio Cerro Porteño. Completarão a chave uma equipe da Colômbia e o vencedor do duelo entre o uruguaio Racing e outro time colombiano.

Fonte: GloboEsporte