Patito foge de briga com Ganso e aceita jogar com geração Neymar

O argentino até aceita jogar improvisado para formar um possível quarteto ofensivo no Santos.

O meia-atacante Patito Rodríguez descarta brigar por uma posição com Paulo Henrique Ganso no meio-campo. Pelo contrário, o argentino até aceita jogar improvisado para formar um possível quarteto ofensivo no Santos, formado por ele, Neymar, Ganso e André ? os três últimos iniciaram a ?geração Neymar? na temporada 2010.


Patito foge de briga com Ganso e aceita jogar com geração Neymar

No Independiente, seu ex-clube, o argentino costumava a atuar na armação das jogadas, mas se destacava por entrar na área adversária e pelas finalizações a gol. Patito e Ganso têm características distintas, já que o camisa 10 do Santos prioriza a assistência aos companheiros e chuta pouco ao gol.

?A respeito de disputar a posição (com Ganso), os jogadores que tratam bem a bola, podem jogar juntos. O esquema dentro de campo é variável, o meio para frente ataca e atrás cumpre um sistema defensivo?, afirmou Patito.

Em sua estreia pelo Santos no empate contra o Atlético-GO no último sábado, no Pacaembu, Patito entrou na vaga de Leandrinho no intervalo da partida e exerceu a função de Neymar na ponta esquerda. Sabendo que o craque santista atua do lado esquerdo do ataque, o argentino já avisou que não tem problemas em jogar na direita.

?No Independiente eu jogava pela direita e pela esquerda. Eu venho a uma equipe praticamente armada, aqui eu espero encaixar onde o técnico achar melhor. Como atacante ou no meio-campo, fica a critério do Muricy. Tem Ganso, Neymar e muitos outros jogadores. Sabia que viria me amoldar a esses grandes jogadores?, disse.

Caso Muricy opte por escalar Patito, Neymar, Ganso e André entre os titulares, o treinador terá que barrar os três jovens que se destacaram nas últimas rodadas pelo Santos ? Leandrinho, Felipe Anderson e Victor Andrade.

O primeiro arrancou suspiros de Muricy Ramalho atuando do lado direito, onde fechou a marcação no meio-campo e ainda chegou ao atacante, entrando na área e aplicando assistências. Já os outros dois marcaram gols no duelo contra o Cruzeiro na semana passada.

Fonte: UOL