Patrícia  Amorim critica vaias a Ronaldinho Gaúcho: ""Ele é o cara""

Patrícia Amorim critica vaias a Ronaldinho Gaúcho: ""Ele é o cara""

Jogador foi hostilizado na derrota por 2 a 1 para o Ceará, na semana passada.

No lançamento da linha de relógios do Flamengo na tarde desta segunda-feira num salão do hotel Copacabana Palace (Zona Sul do Rio), a presidente Patricia Amorim afirmou que parte da torcida rubro-negra se adiantou na hora de vaiar Ronaldinho Gaúcho, que foi hostilizado na derrota por 2 a 1 para o Ceará, na semana passada.

- Acho que nossa torcida deveria ter um período maior de tolerância. Conseguimos ser campeões invictos. Na derrota, qualquer jogador está sujeito a receber hostilidades, mas acredito que as vaias foram injustas. Ele tem total apoio e cumplicidade da diretoria. Ele é o cara - declarou a presidente Patricia Amorim.

E os elogios para o camisa 10 não pararam por aí:

- Ele é um jogador diferenciado, a torcida sempre vai esperar algo especial dele. Mas isso tudo faz parte do folclore do futebol.

Antes de sair em defesa de Ronaldinho, a presidente participou do lançamento da linha de relógios da marca Hublot. A empresa suíça também tem parceria com o Manchester United, e um contrato para estampar sua marca nas três próximas edições da Copa do Mundo. Pelo contrato de lançamento de duas séries limitadas de 250 relógios do Flamengo, o clube receberá US$ 460 mil (R$ 740,7 mil). O modelo custa R$ 42 mil. O lançamento é uma homenagem aos 30 anos da conquista do título mundial, em 1981.

- Será nossa consolidação no mercado internacional. O valor é alto, mas baixo perto da importância da nossa conquista no Mundial. Isso mostra que lideramos todas as classes sociais ? declarou a dirigente.

Uma lista de espera com interessados em comprar o relógio revelou curiosidades, com pedidos vindos de Cingapura e da Sérvia.

- Quando soubemos que tinha um pedido da Sérvia pensamos que fosse o Pet ? brincou o vice-presidente de marketing, Henrique Brandão.

Um detalhe chamou a atenção durante a apresentação dos relógios. O vídeo apresentado pela empresa trazia imagens do jogo contra o Grêmio, em 2009, quando o Rubro-Negro foi campeão brasileiro. Adriano foi o jogador que mais apareceu nas imagens. Na festa do relógio rubro-negro, ficou meio fora de hora.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com